-->

Trabalhador autônomo deve se inscrever no INSS

Todo trabalhador que exerce atividade remunerada e não possui registro na Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) deve contribuir para a Previdência e garantir acesso aos benefícios e serviços oferecidos pelo INSS. Quem já teve registro em carteira, mas perdeu o emprego e agora exerce alguma atividade por conta própria, deve manter a condição de segurado. O trabalhador que se encontra em uma dessas situações precisa se inscrever como contribuinte individual.

Os contribuintes individuais são, por exemplo, trabalhadores da economia informal, vendedores ambulantes, feirantes, autônomos, profissionais liberais, artistas e artesãos.

A vantagem também é pra quem já esta recolhendo e está com uma perspectiva de aposentadoria por idade, ele pode optar por um recolhimento de 11% e não 20% como acontecia até então”, diz a chefe da agência do INSS em Lavras, Karise Fernandes.

Como se inscrever - O trabalhador pode se dirigir á Agência da Previdência Social em Lavras e fazer a inscrição como contribuinte individual. Pode ainda se inscrever pela Internet.

 Quem tem PIS ou PASEP não precisa se inscrever. Basta informar um desses números na Guia e fazer o recolhimento. No ato da inscrição o trabalhador recebe um Número de Identificação do Trabalhador (NIT), que passa a ser a sua identificação na Previdência Social. A partir da primeira contribuição em dia, o segurado já passa a ter direito a alguns benefícios.

Mais informações sobre o novo sistema podem ser obtidas na agência do INSS em Lavras, na Rua Francisco Sales ou pelo telefone 135.

Gostou? Então compartilhe!

Tags: ,

Comente esta notícia

LEIA AS REGRAS: Comentários que contenham palavrões, ofensas ou que não tenham relação com o assunto tratado na notícia podem ser deletados sem nenhum aviso. Em hipótese alguma faça propagandas de outros sites ou blogs. OBS: Os comentários dos leitores não refletem a opinião de O LAVRENSE
Comentário(s)
0 Comentário(s)

0 comentários: