-->

Prefeitura de Lavras decreta situação de emergência após chuva

A Prefeitura de Lavras decretou situação de emergência na por causa da chuva que caiu no município durante a noite de domingo (8) e na manhã desta segunda-feira (9). Em um ponto da cidade, uma árvore caiu sobre três árvores.

A chuva deixou várias residências debaixo d´água e animais mortos.

Cheia dos ribeirões é inevitável e deixa moradores da zona norte apreensivos e com muito medo.

O prédio da Universidade Federal de Lavras (Ufla) ficou alagado e teve a energia elétrica interrompida. A passagem para o ginásio ficou destruída.

Ao todo, 88 casas foram atingidas. Em um delas, até a piscina foi arrancada.

A Secretaria Municipal de Promoção da Cidadania está cadastrando as famílias que sofreram com o problema. Funcionários estão elaborando o relatório social, um documento que avalia o que foi perdido pelas vítimas da enchente.

Técnicos da Defesa Civil estão elaborando os relatórios Nopred (Notificação Preliminar de Desastre) e Avadan (Avaliação de Danos), como determina o Governo do Estado em casos de calamidades, estado de emergência e desastres.

10/01/12

Leia também:

Gostou? Então compartilhe!

Tags:

Comente esta notícia

LEIA AS REGRAS: Comentários que contenham palavrões, ofensas ou que não tenham relação com o assunto tratado na notícia podem ser deletados sem nenhum aviso. Em hipótese alguma faça propagandas de outros sites ou blogs. OBS: Os comentários dos leitores não refletem a opinião de O LAVRENSE
Comentário(s)
3 Comentário(s)

3 comentários:

  1. Luiz Gustavo09:58

    Me lembro que uma vez perguntaram ao ex-governador Hélio Garcia como ele via o escândalo envolvendo o ex-presidente Fernando Collor. "pela televisão", disse ele a um reporter. acho que também é desta forma que a nossa prefeita vê o drama dos moradores da zona norte de Lavras: "pela televisão". Lamentável. era pra ela estar lá ajudando, tomando providências, cobrando rapidez no auxilio aos moradores mas ela não deus as caras, simplesmente sumiu. Nem em ano eleitoral as coisas funcionam. viva Lavras :-(

    ResponderExcluir
  2. Solange14:01

    Ela tá de férias meu Bem! afinal ninguem é de ferro, não é mesmo?

    ResponderExcluir
  3. José Rodrigues Alves18:11

    Corre na mídia do sudeste, que por causa da competência do governo Pernambucano, diz-se que cada Pernambucano vale por 110 mineiros, deve valer mesmo, porque lá as coisas andaram depois das enchentes do ano passado,com as verbas destinadas á prevenção de enchentes e aqui em minas o governo nem sabe o quanto de verba foi destinada ás enchentes, e em Lavras então??? nem vereadores se tocando com as tragédias na cidade quanto mais a prefeita.

    ResponderExcluir