-->

Igrejas iniciam Campanha da Fraternidade 2012 nesta quarta-feira

Saúde pública é o assunto da Campanha da Fraternidade de 2012 que se inicia nesta quarta-feira (22), quarta-feira de cinzas no catolicismo. O tema proposto é “Que a saúde se difunda sobre a terra”. O título foi tirado do livro do Eclesiástico.

O objetivo esse ano é cobrar das autoridades sobre soluções para casos de hospitais superlotados e com pacientes pelos corredores. O bispo diocesano de Itapetininga, no interior de São Paulo, Dom Gorgônio Alves da Encarnação Neto, acrescenta que “é preciso que as autoridades priorizem a área da saúde. Assim, serão menos doentes e menos prejuízos para o governo”.

Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) quer trabalhar com a intenção de humanizar mais esta área de muita carência para um país com as dimensões do Brasil.

O lançamento oficial da campanha após o carnaval, marca também o início da quaresma, período de reflexão e penitência para os católicos. A quaresma é um período também de cuidar da saúde espiritual, segundo Dom Gorgônio. "A pessoa não é só doente biológica. Está tudo em conjunto. Quando a pessoa está doente espiritualmente, é pior ainda. Então, a igreja deseja propor a todos que olhemos com carinho esse momento voltado para Deus, que é a quaresma".

Realizada desde 1964, a Campanha da Fraternidade mobiliza todas as comunidades católicas do país e procura envolver outros segmentos da sociedade no debate do tema escolhido. São produzidos vários materiais para uso das comunidades com destaque para o texto-base, produzido por uma equipe de especialistas.

O cartaz da CF é inspirado na passagem do Bom Samaritano, que se dispõe a ajudar a pessoa que necessita de cuidado (Lc 10,29-37). O aperto de mãos entre o profissional de saúde e quem usa os serviços alegra, acolhe e traz confiança.

21/02/12

Gostou? Então compartilhe!

Tags:

Comente esta notícia

LEIA AS REGRAS: Comentários que contenham palavrões, ofensas ou que não tenham relação com o assunto tratado na notícia podem ser deletados sem nenhum aviso. Em hipótese alguma faça propagandas de outros sites ou blogs. OBS: Os comentários dos leitores não refletem a opinião de O LAVRENSE
Comentário(s)
0 Comentário(s)

0 comentários: