-->

Aposentada morre após ser atacada por cão rottweiler

Uma bancária aposentada de 71 anos morreu após ser atacada por um cão da raça rottweiler na noite desta terça-feira (10), na rua Professor Waldemar Novaes, próxima a praça Dr. Jorge.

Segundo a Polícia Militar, a vítima era dona do animal e morava sozinha com ele há 10 anos.


Quando os Bombeiros chegaram ao local encontram a mulher caída, envolta de uma grande poça de sangue  e com um grande ferimento no pescoço e na face.

Maria Aparecida de Lima foi socorrida com ferimentos no pescoço pelos bombeiros que a levaram para a Unidade de Pronto Atendimento (Urpa), mas ela chegou sem vida ao hospital.

O animal permanecia na casa da idosa. De acordo com a PM, a perícia de Campo Belo (MG) e a família da vítima foram ao local para definir se o cão ficaria com os familiares ou seria levado para o Centro de Zoonoses.

Segundo os bombeiros, o animal pode ter tido um acesso de fúria, ou tentou brincar com a dona e a atacou com força excessiva.

10/04/12

Gostou? Então compartilhe!

Tags:

Comente esta notícia

LEIA AS REGRAS: Comentários que contenham palavrões, ofensas ou que não tenham relação com o assunto tratado na notícia podem ser deletados sem nenhum aviso. Em hipótese alguma faça propagandas de outros sites ou blogs. OBS: Os comentários dos leitores não refletem a opinião de O LAVRENSE
Comentário(s)
9 Comentário(s)

9 comentários:

  1. Márcio Nilo.10:03

    Trágico. Esses cães mudam de temperamento facilmente e são perigosos. É um cachorro muito forte e se resolve morder alguém o estrago é grande.Meus sentimentos a familia dessa senhora.

    ResponderExcluir
  2. Vanessa13:43

    muito triste isso que aconteceu a essa dona. Eu tenho um rottweiler a 3 anos e ele nunca me deu problema mas confesso que as vezes ele me da medo :-/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luis Antônio15:05

      Na boa. se eu fosse você, me livrava dele o mais breve possível. Ainda mais se tiver criança ou idosos em casa.

      Excluir
    2. Zico10:24

      O Luis você esta pondo medo da moça a toa. não ha motivo pra pânico afinal esse tipo de ocorrência é muito raro. é só ter cuidado e sempre que possível procurar a orientação de um veterinário.

      Excluir
  3. Vanessa, não se livre desse cachorro. Cachorro não ataca do nada.
    O cachorro pode ter se assustado, estava dormindo e a dona o acordou abruptamente, poderia estar comendo, poderia estar com dor, estressado com um possível manejo inadequado, medo de alguma ação da proprietária, são inumeros fatores que podem desencadeear uma ação de ataque....

    Crie bem seu cachorro, passeie, brinque, deixe0o interagir com humanos e se possível outro animais. Cachorro que fica aprisionado no fundo do quintal sem contato com ninguem tende a se tornar mais agressivo.
    E lembre-se sempre de nunca surpreender seu cão, se for no quintal no escuro por exemplo, chame-o para ver que é você, não o assuste, cuidado ao acordá-lo, etc....

    ResponderExcluir
  4. Anônimo18:35

    POR ISTO QUE NÃO GOSTO E NÃO TENHO CACHORROS... BICHO TRAIÇOEIRO!!! QUERO DISTÂNCIA, PREFIRO OS GATOS...

    ResponderExcluir
  5. Emiliano Cerqueira Bentes15:16

    Esse bicho é PERIGOSO sim . Além desse caso ocorrido aqui em Lavras a imprensa noticiou que em Sergipe, no domingo, outro Rottweiller atacou um menino, na frente da casa da criança. O dono, que é um senhor já de idade, não conseguiu segurar o cachorro, que era levado apenas em uma coleira e uma corda. Felizmente a criança sofreu pequenos ferimentos.

    ResponderExcluir
  6. Aah,tem nada disso não'. O que define se o cão será bravo ou manso,é a criação. Se vc apenas agride o animal,ò maltrata,e estressa o animal,é lógico que o animal vai aprender a ser assim. Não existe cães bravos,e sim,donos imbecis que não cuidam do animal como deveriam e ainda querem que o animal seja dócil. Não estou dizendo que essa senhora judiava de seu cão,pois não à conhecia,mas nenhum cão ataca uma pessoa do nada, isso é fato.

    ResponderExcluir
  7. Tenho um lindo exemplar dessa raça. calmo, meigo e carinhoso, o problema não é a raça e sim os donos, ca~es criados com a mor e RESPEITO, não se tornam assassinos.

    ResponderExcluir