-->

Preço da coleta de lixo em Lavras mais do que quadruplicou nos últimos anos

Uma matéria publicada pelo jornal O Tempo informa que o preço pago pela Prefeitura de Lavras pelos serviços de coleta de Lixo e limpeza urbana sofreu uma  elevação de aproximadamente 360% nos valores absolutos empenhados nos últimos sete anos. O assunto é tema de um inquérito civil em andamento na Promotoria local de Defesa do Patrimônio Público.

Em janeiro de 2005, foram gastos cerca de R$ 127 mil na coleta do lixo domiciliar e comercial, além da varrição manual das vias públicas e da operação do aterro sanitário da cidade. O último lançamento disponível no Portal da Transparência, referente a dezembro do ano passado, mostra um empenho de R$ 580 mil.

O aumento dos preços coincide com uma série de polêmicas que provocaram duas trocas de contratos e fornecedores.

Em 2005, a prefeitura contratou, por meio de dispensa de licitação, a Construtora Cherem, que executou o serviço por 14 meses até a abertura de uma concorrência pública, vencida pela CSD Engenharia.

Sob a responsabilidade da nova fornecedora, o contrato sofreu aditivos e o preço passou a variar de R$ 260 mil a R$ 409 mil mensais entre os anos de 2006 e 2009.

Ainda durante a vigência do contrato, a CSD foi dispensada - sob alegação de não cumprimento do contrato - e substituída pela ViaSolo Engenharia, segunda colocada no processo licitatório, que executa o serviço até hoje. Logo após a troca, o preço subiu para a casa dos R$ 490 mil

Versões

A prefeita Jussara Menicucci (PSDB) argumenta que o contrato emergencial em 2005 previa apenas os serviços básicos.

 "Hoje, atinge 100% da cidade e envolve a manutenção do aterro. Aumentou o número de ruas varridas e de lotes capinados, em tamanho e frequência", destacou.

Jussara disse ainda que Lavras e sua população creceram muito no período. "São 42 loteamentos, quatro bairros e 1.200 casas novas", elencou a prefeita.

O vereador Dr. Marcos Cherem (PSD) critica a "desproporcionalidade entre o preço pago e qualidade do serviço". Segundo ele, a população da cidade cresceu apenas 5,8% - de 86 mil para 91 mil habitantes - o que não justificaria o aumento.

Por outro lado, Jussara acusa o vereador de "criar caso" sobre o assunto. Ele é irmão do deputado estadual Fábio Cherem (PSD), dono da Construtora Cherem, que perdeu a licitação em 2006.

18/05/12

* Com informações de O Tempo

Gostou? Então compartilhe!

Tags: ,

Comente esta notícia

LEIA AS REGRAS: Comentários que contenham palavrões, ofensas ou que não tenham relação com o assunto tratado na notícia podem ser deletados sem nenhum aviso. Em hipótese alguma faça propagandas de outros sites ou blogs. OBS: Os comentários dos leitores não refletem a opinião de O LAVRENSE
Comentário(s)
6 Comentário(s)

6 comentários:

  1. Anônimo11:10

    QUALQUER COISA QUE DESAGRADA A JUSSARA É CRIAÇÃO DE CASO. MAS QUEM PAGA O LIXO SOMOS NÓS.
    SERVICINHO PORCO.

    ResponderExcluir
  2. Anônimo11:40

    Agora falta falar que a culpa do preço do lixo ter subido é do Marcos Cherem. A Jussara se perdeu, esse governo está igual cego em tiroteio. Mais um escandalo lavrense...

    ResponderExcluir
  3. Luciano13:25

    Hummm... não deixa de ser estranho, ou será mera coincidência? Num dia o governador Anastasia vem a Lavras liberar a autorização pra obras importantes e inaugurar um complexo educacional. No outro dia "aparece" na imprensa uma "denuncia" requentada sobre um assunto já esgotado. Tentativa de desviar a atenção do público/eleitor? :-/ vai saber...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bruno14:10

      Assunto esgotado para quem jacaré? No meu bairro Vale do Sol o trabalho da Viassolo é uma tristeza de ruim, passa aqui pra ver que quem tá esgotado somos nós moradores. E ainda pagam 600 mil por mes por essa beleza? 7 milhões por ano? Se o serviço fosse bom, vá lá, mas essa sujeira que fica a cidade, os bairros, as praças, ninguém aguenta. Lote capinado onde prefeita? Só se for na sua rua. Pode continuar criando caso dr. Marcos, voce é o único que fala alguma coisa na camara. Quem sabe um dia melhora.

      Excluir
  4. Anônimo17:16

    ESTA MULHER AINDA TEM CORAGEM DE FALAR EM ATERRO??? QUANTA DESINFORMAÇÃO! ISTO É COISA DO SÉCULO PASSADO... QUERIDA, NÃO SE PODE CONCEBER ATERROS, POIS POLUI TODO O LENÇOL FREÁTICO, ÁGUAS QUE BEBEMOS, E POLUI O SOLO, TUDO QUE COMEMOS... TEM QUE BUSCA ALTERNATIVAS MAIS MODERNAS, COMO COLETA SELETIVA DE LIXOS (ORGÂNICOS OU RECICLÁVEIS), RECICLAGEM, INCINERAÇÕES DE NÃO-RECICLÁVEIS... PESSOAL FALEM PARA A PREFEITINHA DE VOCÊS SE RECICLAR E FICAR UM POUCO INFORMADA, POIS PELO QUE ESTAMOS VENDO ELA NÃO TEM A MÍNIMA NOÇÃO DE GESTÃO ALGUMA E ESTÁ A ANOS LUZ DA MODERNIDADE.

    ResponderExcluir
  5. André10:50

    Com certeza alguem esta lucrando com isso... e não é só a empresa.

    ResponderExcluir