-->

Preço do feijão sustentou a renda do produtor rural de Lavras e região em abril

Pesquisa feita pelo Departamento de Administração e Economia da Universidade Federal de Lavras (DAE/UFLA) registrou uma alta de 3,30% no Índice de Preços Recebidos (IPR), no mês de abril. Esta elevação da renda do produtor rural, foi ocasionada principalmente pelo aumento de 111,95% do preço do feijão.

Segundo o coordenador da pesquisa, Prof. Renato Fontes, esta elevação de preço foi ocasionada pelo problema climático da estiagem, ou seja, faltou chuva nas principais regiões produtoras do grão, que prejudicou o desenvolvimento normal da cultura e consequentemente houve uma diminuição da oferta de feijão no país e o mercado agrícola é bastante dinâmico em sua relação de oferta e demanda, faltando o produto o preço sobe.

O café continua perdendo valor, neste mês de abril o seu preço caiu -3,37% em relação ao mês de março de 2012. No acumulado dos últimos doze meses, o valor de uma saca de café variou negativamente em -22,93%, o que impacta e traz prejuízo na renda do produtor rural do Sul de Minas Gerais, pois a commodity café tem elevada importância na formação do IPR. Em relação aos hortifrutigranjeiros o IPR deste grupo de produtos agrícolas mostrou estabilidade, uma elevação de 0,37%.

O Índice de Preços Pagos (IPP), referente aos insumos gastos pelos produtores rurais, no Sul de Minas Gerais, apresentou no mês de Abril de 2012 queda de -0,30%. Apesar desta estabilidade pode-se considerar que houve deflação da média geral dos insumos gastos na agricultura do Sul de Minas Gerais. No acumulado dos últimos doze meses (maio de 2011 a abril de 2012), o IPP vem mantendo estável, com uma elevação de 0,59%.

Na pesquisa dos preços dos insumos, destaca-se a elevação do preço do fungicida em 2,46% principalmente para a cultura do café, ocasionado por uma maior demanda deste produto para combater os micro-organismo prejudicial a cultura que se desenvolve nesta época e os medicamentos para a pecuária leiteira apresentou uma queda de -1,81%, advindo de promoções realizadas pelo comércio agro veterinário.

08/05/12

Gostou? Então compartilhe!

Tags:

Comente esta notícia

LEIA AS REGRAS: Comentários que contenham palavrões, ofensas ou que não tenham relação com o assunto tratado na notícia podem ser deletados sem nenhum aviso. Em hipótese alguma faça propagandas de outros sites ou blogs. OBS: Os comentários dos leitores não refletem a opinião de O LAVRENSE
Comentário(s)
0 Comentário(s)

0 comentários: