-->

Autoescolas no Sul de Minas são barradas por suspeita de venda de CNH

Sete autoescolas do Sul de Minas tiveram as atividades suspensas pelo Departamento de Trânsito de Minas Gerais (Detran-MG), por suspeita de participação em um esquema de venda de carteiras de habilitação.
As licenças perderam a validade ontem. Foram notificados estabelecimentos de Alfenas, Paraguaçu, Areado, Alterosa, Campo do Meio e Campos Gerais. Pelo menos em 40 documentos foram encontradas irregularidades. Um policial civil é investigado por liderar a fraude.

Segundo um jornal local, pessoas pagavam de R$ 500 a R$ 700 pela aprovação da prova escrita, e entre R$ 1.000 e R$ 2.500 pela prova prática. Porém, a polícia não confirma esse valor. “O teor da investigação somente será liberado na próxima semana”, informou o delegado Carlos Camargo.

De acordo com ele, o policial civil Renato Eduardo Felippe, 36, era responsável pela unidade regional do Detran em Alfenas, que atende também aos demais municípios. Supostamente, Felippe recebia dinheiro para manipular o sistema do departamento. Em depoimento, o policial negou o crime e afirmou que tudo pode ter sido um engano e que era inocente. “Ele negou todos os fatos e disse que pode ter ocorrido um lançamento indevido por erro do sistema. Ele disse que nunca recebeu nenhum dinheiro e que sua inocência seria comprovada”, disse Camargo.

Desde o início das investigações, no fim do ano passado, o policial foi afastado do cargo no Detran, porém, ainda exerce uma outra função na Polícia Civil de Alfenas.

Atividade suspensa

As autoescolas investigadas não podem mais inscrever alunos para provas até que a Justiça tome uma decisão sobre o assunto. “Elas podem continuar abertas, mas não terão mais contato com o Detran”, afirmou o delegado Camargo, que espera finalizar o inquérito na próxima terça-feira.

O Detran não informou o nome das autoescolas suspeitas de envolvimento no esquema de venda de carteiras de habilitação.

10/05/12

Fonte: O Tempo

Gostou? Então compartilhe!

Tags:

Comente esta notícia

LEIA AS REGRAS: Comentários que contenham palavrões, ofensas ou que não tenham relação com o assunto tratado na notícia podem ser deletados sem nenhum aviso. Em hipótese alguma faça propagandas de outros sites ou blogs. OBS: Os comentários dos leitores não refletem a opinião de O LAVRENSE
Comentário(s)
1 Comentário(s)

1 comentários:

  1. Anônimo08:32

    Várias pessoas em Lavras e em outras várias cidades tem carteira comprada em São Paulo... não é novidade nenhuma...

    ResponderExcluir