-->

Estelionatária que se passava por 'missionária religiosa' é presa em Lavras

A Polícia Militar de Lavras divulgou neste sábado (16) detalhes sobre a prisão de uma estelionatária aplicava golpes em idosos se passando por missionária. A mulher de 43 anos foi presa nessa sexta-feira (15), no Dia Nacional de Combate à Violência Contra o Idoso, depois de ser denunciada por uma idosa da cidade.

A estelionatária foi até a casa de uma idosa, de 75 anos, e de uma mulher, de 43 anos, identificando-se como missionária de uma igreja protestante e pedindo para fazer orações às vítimas. As moradoras - que são religiosas - abriram a casa para a suposta missionária, que passou a fazer um ‘tour do descarrego’ na residência.

A suspeita teve acesso aos quartos e guarda roupas da casa além de outros cômodos. De acordo com os militares, até mesmo as bolsas das vítimas foi alvo de ‘orações’ da mulher. Ela disse às mulheres que dentro das bolsas haviam objetos, que estariam atrasando a vida das mesmas. Porém, com maestria e destreza a suspeita conseguia roubar dinheiro das bolsas sem que as moradores percebessem.

Quando a mulher deixou a casa, as moradoras perceberam o golpe e acionaram a polícia. Após um rastreamento, a estelionatária foi encontrada com R$ 297,66 em dinheiro. Ela foi conduzida para o quartel da Polícia Militar, onde após uma nova revista na mulher e encontraram dentro do sutiã dela R$ 40. A mulher foi presa em flagrante por estelionato e encaminhada para o presídio de Lavras.

16/06/12

Gostou? Então compartilhe!

Tags:

Comente esta notícia

LEIA AS REGRAS: Comentários que contenham palavrões, ofensas ou que não tenham relação com o assunto tratado na notícia podem ser deletados sem nenhum aviso. Em hipótese alguma faça propagandas de outros sites ou blogs. OBS: Os comentários dos leitores não refletem a opinião de O LAVRENSE
Comentário(s)
2 Comentário(s)

2 comentários:

  1. Anônimo16:31

    É por isso que eu sempre digo... Cuidado nunca é demais!

    ResponderExcluir
  2. Anônimo21:10

    Lobinha com pés de ovelha,mas a justiça de Deus não falha nunca.

    ResponderExcluir