-->

Professores da Federal de Lavras decidem manter a greve

Os professores da Universidade Federal de Lavras, em assembleia realizada nesta quinta-feira (30), decidiram pela manutenção da greve da categoria seguindo a orientação do Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (Andes-SN).

De um total de 134 professores presentes, 23 votaram contra a manutenção da greve e tiveram quatro abstenções. A greve dos professores foi iniciada no dia 17 de maio, completando nesta quinta-feira 105 dias.

Entre os depoimentos, o otimismo de que ainda pode haver medidas alternativas que levem o governo à reabertura da mesa de negociações ou que o projeto seja discutido e alterado no Congresso Nacional. Os professores favoráveis à manutenção da greve reafirmam que a pauta do movimento é pela justa reestruturação da carreira.

Para o governo federal, as negociações foram encerradas no dia 1º, quando a proposta do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) teve a aprovação da Federação de Sindicatos de Professores de Instituições Federais de Ensino Superior (Proifes-Federação). O Ministério da Educação (MEC) aguarda das Universidades o plano de reposição das aulas.

Na terça-feira (28/8), os servidores técnico-administrativos que estavam em greve desde 12 de junho, retornaram às atividades na UFLA.

Nova assembleia está agendada para a próxima quinta-feira (6), para reavaliação dos direcionamentos da greve dos professores na UFLA.

31/08/12

Fonte: Ascom Ufla

Gostou? Então compartilhe!

Tags:

Comente esta notícia

LEIA AS REGRAS: Comentários que contenham palavrões, ofensas ou que não tenham relação com o assunto tratado na notícia podem ser deletados sem nenhum aviso. Em hipótese alguma faça propagandas de outros sites ou blogs. OBS: Os comentários dos leitores não refletem a opinião de O LAVRENSE
Comentário(s)
0 Comentário(s)

0 comentários: