-->

Chefe do Departamento de Cultura de Lavras recebe prêmio do programa TIM ArtEducAção

O articulador tem um papel essencial para que o projeto TIM ArtEducAção aconteça com sucesso nas cidades onde o projeto é desenvolvido. Ele é responsável pela realização das oficinas artísticas, pelo estabelecimento e manutenção de parcerias, pela organização dos eventos, ou seja, pela gestão das atividades relacionadas ao TIM ArtEducAção. Na 11ª edição do Programa, a articuladora e chefe do Departamento de Cultura de Lavras, Deborah Rezende Cardoso, recebeu o prêmio de Articuladora Destaque concedido pela coordenação do Programa.

Equipe do TIM artEducAção de Lavras.  Foto: Divulgação

Neste ano, Deborah Rezende conseguiu uma nova sede para o Programa na cidade, a Escola Municipal Padre Dehon e agora todas as oficinas oferecidas na cidade têm uma sala específica e estruturada para a realização das atividades e uma quadra está à disposição dos alunos. Um sistema de transporte gratuito até a sede é oferecido aos alunos que também recebem lanche gratuito no local. E para que todo o espaço da escola seja aproveitado à horta da escola será revitalizada através de um acordo firmado com a organização “Engenheiros sem Fronteiras”, que atua em vários países oferecendo projetos de engenharia e serviços ambientais que promovem a melhoria da qualidade de vida da população.

Em Lavras, o grupo tem como integrantes estudantes de todos os cursos de engenharia da Universidade Federal de Lavras (UFLA). Ainda no segundo semestre, a escola vai receber uma horta comunitária para desenvolver a consciência ambiental nas crianças e adolescentes do Programa.

Essas foram algumas ações que fizeram de Deborah Rezende articuladora destaque do Programa. A chefe do Departamento de Cultua está orgulhosa com a premiação recebida. “Há onze anos eu trabalho com o Programa e o prêmio representa muito para toda equipe do TIM ArtEducAção de Lavras. O trabalho de cada um é essencial para o sucesso das oficinas artísticas e o prêmio vai servir como incentivo para cada vez mais melhorarmos nossos resultados. Estamos no caminho certo e estou muito feliz!”, comemora.


Em Lavras, 216 alunos de nove escolas da rede pública de ensino da cidade participam das oficinas de dança contemporânea, hip hop, percussão, artes plásticas, arte circense e digital. Ao todo, dez bairros são atendidos pelo Programa, através de parcerias com a Prefeitura Municipal de Lavras, através do Departamento de Cultura e da Secretaria Municipal de Educação.

12/09/12



Gostou? Então compartilhe!

Tags:

Comente esta notícia

LEIA AS REGRAS: Comentários que contenham palavrões, ofensas ou que não tenham relação com o assunto tratado na notícia podem ser deletados sem nenhum aviso. Em hipótese alguma faça propagandas de outros sites ou blogs. OBS: Os comentários dos leitores não refletem a opinião de O LAVRENSE
Comentário(s)
0 Comentário(s)

0 comentários: