-->

Lavras volta a registrar saldo negativo em geração de empregos

Segundo os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), Lavras continua a registrar saldo negativo em geração de empregos. No mês de maio, a variação ficou em -0,60%. Durante todo o mês foram criados 949 empregos. O número de desligamentos ficou 1.089, resultando num saldo negativo de 140 vagas.

Em maio, dos oito setores analisados, o de serviços registrou o maior número de contratações, sendo admitidos 374 profissionais. Já o comércio registrou um total de 235 contratações e 295 desligamentos.

O setor da construção civil ainda continua em queda. As contratações em maio alcançaram a marca de 165 e os desligamentos atingiram o total de 230.
 
Confira no quadro abaixo a evolução do emprego em Lavras no mês de maio:


Minas Gerais

O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgado pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), registrou, em maio, a geração de 25.916 empregos formais, um aumento de 0,61% no número de trabalhadores com carteira assinada em Minas Gerais.

O setor que apresentou maior crescimento foi o da Agropecuária (+17.265 postos), seguido pelos Serviços (+3.848 postos), Indústria de Transformação (+2.202 postos), Construção Civil (+1.510 postos) e Comércio (+1.128 empregos).

Os números no país:

O Brasil criou 72.028 novos postos formais de trabalho em maio, informou nesta sexta-feira (21) o Ministério do Trabalho e Emprego, com base em dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

Trata-se do pior resultado, para meses de maio, desde 1992, quando foram abertos 21.533 novos postos. Contra igual mês do ano passado, quando foram abertas 139.679 vagas de emprego com carteira assinada, foi registrada uma queda de 48,4%, segundo dados oficiais.

23/06/13 - O Lavrense

Gostou? Então compartilhe!

Tags:

Comente esta notícia

LEIA AS REGRAS: Comentários que contenham palavrões, ofensas ou que não tenham relação com o assunto tratado na notícia podem ser deletados sem nenhum aviso. Em hipótese alguma faça propagandas de outros sites ou blogs. OBS: Os comentários dos leitores não refletem a opinião de O LAVRENSE
Comentário(s)
8 Comentário(s)

8 comentários:

  1. Anônimo13:39

    Lavras afunda mais!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo13:08

      QUEM TEM MAIS DE 40 ANOS ENTÃO, NÃO CONSEGUE EMPREGO NEM A PODER DE REZA BRAVA !!!!!! E NÃO ADIANTA TER REFERENCIA E EXPERIENCIA QUE NÃO VALE DE NADA LAVRAS SÓ EMPREGA RAPAIZINHOS E MOCINHAS!!!

      Excluir
    2. Anônimo17:22

      TANTA GENTE DESEMPREGADA AQUI EM LAVRAS.PIADA ISSO AI.TEM GENTE QUE FEZ CURSO E NÃO ARRUMA EMPREGO.VERGONHA LAVRAS.ISSO AQUI É UMA ROÇA.

      Excluir
    3. Anônimo14:35

      Herança menicucci que emperra a cidade desde os tempos do pai da ex prefeita. São contra a educação e a cultura (demoliram o Teatro Municipal). A política dos meniccucci é a política do pires na mão, se co governo estadual ou federal não socorrerem a cidade vai a falência.

      Excluir
    4. Anônimo22:32

      40? que nada com menos ainda mais ou menos uns trinta já esta dificil de conseguir emprego aqui em Lavras, aconteceu comigo a maioria dos lugares me diziam... entre 18 e 25 anos, me desculpe mais seu perfil não encaixa aff,

      Excluir
  2. Helenice10:52

    O prefeito Cherem precisa voltar sua atenção URGENTEMENTE para esse problema de desemprego aqui em Lavras. Ha quanto tempo uma nova empresa não se instala em Lavras? Na época da Jussara foi uma paradeira danada e isso não pode continuar agora no governo do Cherem.

    ResponderExcluir
  3. Anônimo11:12

    Jussara trouxe as duas maiores empresas para Lavras: a cofap e a trw. os outros trouxeram o que ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo13:58

      A poderosa trouxe a Cofap e a TRW? kkkkkkkk Agora conta outra.

      Excluir