-->

Alta no preço dos alimentos pressiona a inflação de novembro em Lavras

A inflação na cidade de Lavras, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor (IPC) da UFLA,  voltou a acelerar em novembro, fechando o mês em 1,12%. Nos dois últimos meses, esse índice ficou em 0,92% em setembro e 0,89% em outubro. Com essas variações de preços, a inflação medida em Lavras, em 2013, está acumulada em 16,79%.

Mais uma vez os alimentos pressionaram o bolso do consumidor, com alta média de 2,15%. Os alimentos in natura ficaram mais caros 14,45%, os semielaborados tiveram uma queda de 0,66% e os produtos industrializados aumentaram 1,82%. As maiores altas na categoria alimentos in natura ficaram localizadas nos hortifrúti, a exemplo da batata (28,58%), tomate (23,52%), inhame (76,32%), mandioca (22,01%), repolho (21,4%), quiabo (42,79%), uva (29,89%), limão (80,78%), abacate (98,68%) e maçã (32,48%). Entre os semielaborados, o arroz teve alta de 6,76%, ao contrário do preço do feijão, com baixa de 24,99%. O levantamento de preços também identificou queda na média das carnes: bovinas (1,84%), suínas (0,44%) e pescados (6,96%). A carne de frango teve uma alta de 5,35% em novembro. Entre os alimentos industrializados, destacam-se as altas do trigo (34,54%), polvilho (41,84), pão (23,16%) e creme de leite, com aumento de 23,57%.

Cesta Básica

Com a variação desses alimentos, a cesta básica de alimentos para uma família de quatro pessoas ficou mais cara 0,46% em novembro, passando a custar R$429,56. Em outubro seu valor era de R$427,58.

Também contribuíram para o aumento da inflação de novembro, as altas nos preços das bebidas (3,28%), material de limpeza (0,26%), higiene pessoal (0,25%), vestuário (3,35%), educação e saúde (0,16%) e despesas de transporte, com alta de 0,51%. E a pesquisa da UFLA identificou estabilidade nos preços dos setores ligados aos gastos com moradia e com lazer. E os bens de consumo duráveis (eletroeletrônicos, eletrodomésticos, móveis e informática) ficaram mais baratos no mês, 1,53%.

02/12/13

Gostou? Então compartilhe!

Tags:

Comente esta notícia

LEIA AS REGRAS: Comentários que contenham palavrões, ofensas ou que não tenham relação com o assunto tratado na notícia podem ser deletados sem nenhum aviso. Em hipótese alguma faça propagandas de outros sites ou blogs. OBS: Os comentários dos leitores não refletem a opinião de O LAVRENSE
Comentário(s)
0 Comentário(s)

0 comentários: