-->

Questão de prova com música de Valesca Popozuda ganha repercussão em redes sociais

O enunciado de uma questão de prova de filosofia que solicitava o complemento de parte da letra de uma música da funkeira Valesca Popozuda ganhou repercussão na internet nesta segunda-feira (7). Na questão da prova, respondida por estudantes do Centro de Ensino Médio 3 de Taguatinga, uma escola pública do Distrito Federal, a cantora é chamada de “grande pensadora contemporânea”. Adiretoria da escola admitiu que o texto foi elaborado por um dos professores, mas não divulgou seu nome.


 "Tenho que admitir que, infelizmente, essa questão é de uma prova daqui. Estou boquiaberto", disse José Bonfim, funcionário de apoio à direção do CEM 3 de Taguatinga. Grande parte dos internautas que comentou sobre a publicação considerou a questão inadequada. Em um dos comentários, um aluno que fez a prova disse acreditar que o professor elaborou a questão por brincadeira, mas afirmou não concordar que esse tipo de conteúdo deva fazer parte de uma avaliação escolar. Um grupo de estudantes que também fez a prova saiu em defesa do docente. Muitos disseram que foi uma forma de descontração e de tornar o clima de aplicação da prova menos tenso. Eles disseram que, além disso, todo o resto da avaliação estava de acordo com o assunto estudado em sala de aula e os alunos teriam sido orientados a estudar o conteúdo do livro didático antes de fazer a avaliação.

“Quando a classificamos como grande pensadora contemporânea, a rotulamos como alguém que de fato tem pensamentos sistematizados dentro dos princípios filosóficos ou científicos. A Valesca pode ser, sim, uma contestadora, visto que canta funk, e o funk é uma música de contestação, mas daí a classificá-la como grande pensadora contemporânea é equivocado”, avalia a pedagoga e mestre em educação Francisca Paris, diretora de serviços educacionais da Saraiva. As informações são do Correio Braziliense.

08/04/14

Gostou? Então compartilhe!

Tags:

Comente esta notícia

LEIA AS REGRAS: Comentários que contenham palavrões, ofensas ou que não tenham relação com o assunto tratado na notícia podem ser deletados sem nenhum aviso. Em hipótese alguma faça propagandas de outros sites ou blogs. OBS: Os comentários dos leitores não refletem a opinião de O LAVRENSE
Comentário(s)
0 Comentário(s)

0 comentários: