-->

Comunidade rural de Lavras ganha rede de vizinhos protegidos

Lavras ganhou, no último sábado (24), a primeira rede de vizinhos protegidos na zona rural. O programa é parecido com a rede de vizinhos que já ocorre em vários bairros na área urbana. A nova modalidade do programa foi inaugurada na comunidade do Itirapuã. O programa vai atender as várias famílias que residem naquela região e ocorre junto com a Patrulha Rural.

O objetivo é busca aumentar a segurança no campo e orientar sobre autoproteção e, além de ajudar na segurança da comunidade rural, a ideia é criar uma cooperação entre vizinhos, inclusive com melhorias nas propriedades.
Comunidade rural do Itirapuã  ganha rede de vizinhos protegidos. -  Foto: PM Divulgação
A solenidade de inauguração ocorreu na sede da Escola Municipal Édipo do Nascimento Birindiba, com a presença do 1° Tenente Leonardo de Oliveira Barbosa, Comandante da 251ª Cia TM e responsável pelo Policiamento especializado da zona rural, acompanhado do vice-prefeito Aristides Silva Filho, de Eduardo Pena, Presidente do Sindicado Rural de Lavras, Clóvis Correa, Presidente da Cooperativa Agrícola Alto do Rio Grande, Maria Emília Mendes, diretora daquela escola, além dos moradores que passaram a integrar a primeira Rede de Vizinhos Rurais Protegidos da cidade de Lavras.

Segundo a PM, os crimes mais comuns no campo são o furtos de animais, equipamentos agrícolas e também produtos como fertilizantes, mas são os roubos que mais preocupam os policiais. Os assaltos geralmente são feitos com uso de violência e agressão, principalmente a idosos. Outro fator agravante é o isolamento e distância entre as casas.

26/05/14

Gostou? Então compartilhe!

Tags:

Comente esta notícia

LEIA AS REGRAS: Comentários que contenham palavrões, ofensas ou que não tenham relação com o assunto tratado na notícia podem ser deletados sem nenhum aviso. Em hipótese alguma faça propagandas de outros sites ou blogs. OBS: Os comentários dos leitores não refletem a opinião de O LAVRENSE
Comentário(s)
0 Comentário(s)

0 comentários: