-->

Prefeitura de Lavras contrata empresa para gestão de iluminação Pública

O problema da deficiência na iluminação pública em Lavras pode estar perto do fim. Cumprindo a Resolução 410/10 da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), que transferiu para os municípios a responsabilidade pelas redes de iluminação pública, a prefeitura de Lavras assumirá partir de 1º de julho, a responsabilidade pelas redes de iluminação pública, como postes, lâmpadas e reatores.

Os serviços serão executados pela empresa Remo Engenharia e supervisionados pela Secretaria municipal de Obras. A resolução da Aneel dá prazo até o final de dezembro de 2014 para as prefeituras se adaptarem à nova obrigação. Mas muitos prefeitos divergem sobre o assunto.
De acordo com a Confederação Nacional dos Municípios (CNM), a medida da Aneel irá aumentar em média 28% a despesa anual dos municípios e afetará principalmente o orçamento das cidades de pequeno porte.

Um levantamento feito por Rodrigo de Sá Funchal Barros, da Frente Nacional dos Prefeitos (FNP), comprovou, segundo ele, aumento dos custos dos municípios ao assumir a infraestrutura de iluminação pública. Conforme esses dados, sob a responsabilidade das distribuidoras, o gasto médio com manutenção por ponto de luz é de R$ 1,50. Quando arcado pelas prefeituras com serviço terceirizado, o valor sobe para R$ 10,00. Se as prefeituras realizarem a manutenção com equipe própria, a despesa fica em R$ 24,50.

A prefeitura de Lavras não informou o montante que será gasto para custear as redes de iluminação pública da cidade mas, por meio de nota divulgada por sua assessoria, o prefeito Marcos Cherem (PSD), disse que a municipalização destes serviços vai garantir maior agilidade e rapidez no atendimento aos cidadãos que vão poder contar também com o telefone 0800 do serviço, com retorno das solicitações via SMS para os contribuintes. A Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), continuará atuando como arrecadadora da contribuição de iluminação pública.

Ainda segundo a Assessoria de Imprensa da prefeitura, Lavras é um dos seis municípios mineiros a oferecer este serviço e a primeira entre as 132 cidades da regional sul da Cemig, sediada em Varginha.

╝ Leia também:
Número de casos
de dengue em Lavras
já passa de 500
Comunidade rural
de Lavras ganha rede
de vizinhos protegidos
Carro invade residência na Vila São Francisco
28/05/14

Gostou? Então compartilhe!

Tags:

Comente esta notícia

LEIA AS REGRAS: Comentários que contenham palavrões, ofensas ou que não tenham relação com o assunto tratado na notícia podem ser deletados sem nenhum aviso. Em hipótese alguma faça propagandas de outros sites ou blogs. OBS: Os comentários dos leitores não refletem a opinião de O LAVRENSE
Comentário(s)
5 Comentário(s)

5 comentários:

  1. Anônimo20:24

    Alguém vai ganhar MUITO dinheiro com isso...quem viver...verá.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo21:57

      O cara tá tentando fazer alguma coisa pra melhorar a cidade. fica na sua!

      Excluir
  2. Anônimo08:31

    Coisa mais esquisita. A contratação depende de licitação e os valores devem ser divulgados. O prefeito escondendo os dados faz com que todos achem que há coisa errada nisso. ajuda aí prefeito e divulga por quanto foi contratada esta empresa, de onde ela é e onde terá sua sede em Lavras. Nesse mato tem cachorro!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo14:29

      Se voce é uma uma pessoa que se atualiza com as informações ja deve estar sabendo sobre valores e tudo sobre a licitação. Caso não esteja sabendo lugue seu rádio e vá pessoalmente na prefeitura.
      A lei sobre as manutenções na iluminação pública assumida pela prefeitura não serve só pra Lavras e sim para todas as prefeituras de Minas Gerais meu caro.

      Excluir
    2. Anônimo16:53

      aproveita que você é tão bem informado e nos diga o valor da licitação, a empresa ganhadora, onde este tem sede e quem são seus sócios? vai puxar saco lá no inferno o mamador de teta!

      Excluir