-->

Servidores da educação estadual iniciam greve por tempo indeterminado

Servidores decidiram pela greve durante assembleia geral
Servidores da educação do Estado de Minas GeraisTeve início nesta quarta-feira (21) uma greve por tempo indeterminado, conforme as informações do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE/MG). Segundo a coordenadora-geral do Sind-UTE/MG, Beatriz Cerqueira, a greve é a maneira que a categoria tem de pressionar o Governo de Minas a abrir uma negociação. “A estratégia do governo do Estado é não negociar. Já avisou que não vai ter modificação na carreira e que não vai discutir reajuste antes de outubro. O momento é agora ou só teremos chance de conquistas em 2015”, afirma Beatriz Cerqueira.

Uma nova assembleia da categoria está marcada para o próximo dia 28 de maio. Ainda conforme o Sind-UTE, a pauta de reivindicações foi protocolada em janeiro e também foi solicitado o início das negociações, já que, por se tratar de ano eleitoral, existem prazos que limitam reajustes e alterações na legislação. Porém, desde então, a Secretaria de Estado da Educação não teria dado qualquer resposta.

Em reuniões do Comitê de Negociação Sindical (Cones), conforme o sindicato, a Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão informou que o Governo não pretende fazer nenhuma alteração na carreira e nem conceder reajuste em 2015.

A Secretaria de Estado de Educação enviou uma nota em que afirma que as principais reivindicações apresentadas não estão de acordo com a realidade da educação mineira. O documento ainda afirma que, segundo o próprio Governo Federal, Minas Gerais tem um dos melhores sistemas estaduais de educação básica do Brasil e o Governo de Minas tem investido sistematicamente na valorização profissional dos educadores e na infraestrutura física do sistema. As informações são de O Tempo.

21/05/14

Gostou? Então compartilhe!

Tags:

Comente esta notícia

LEIA AS REGRAS: Comentários que contenham palavrões, ofensas ou que não tenham relação com o assunto tratado na notícia podem ser deletados sem nenhum aviso. Em hipótese alguma faça propagandas de outros sites ou blogs. OBS: Os comentários dos leitores não refletem a opinião de O LAVRENSE
Comentário(s)
0 Comentário(s)

0 comentários: