-->

Inflação em Lavras fica em 0,86% em junho

No mês de junho, a taxa de inflação estimada pela Universidade Federal de Lavras (UFLA) ficou em 0,86%, ao contrário do mês anterior, quando o índice foi o maior do ano, 1,87%. No acumulado do ano, o IPC da UFLA está em 8,23%. A desaceleração da inflação de junho ficou localizada principalmente nos alimentos in natura, que subiram bem menos do que os meses anteriores, com alta de 13,62%. Os produtos semielaborados ficaram mais caros 1,43% e os industrializados, aumento de 4,58%. No geral, os alimentos tiveram alta de 2,9%.

E o comércio já antecipou as promoções da moda inverno, sendo outro setor pesquisado que ajudou a segurar a inflação de junho. Com os indicadores de venda em queda, os empresários buscam evitar a formação de estoques, aumentando a liquidez, o que leva o varejo a reduzir os preços. Em junho, o grupo vestuário teve um aumento de 2,64%.

O prof. Ricardo Reis explica que de cada R$100,00 gastos por um consumidor, R$27,00 são com alimentos e R$14,80 com despesas de vestuário. Praticamente quase a metade do orçamento dos consumidores são gastos com estas duas categorias.

Outras categorias pesquisadas pela UFLA tiveram os seguintes aumentos de preços: bebidas (0,08%); material de limpeza (2,43%); higiene pessoal (0,62%); educação e saúde (0,2%) e despesas de transporte, com alta de 0,8%.

Não foram identificados aumentos, na média, dos setores ligados aos gastos com moradia, serviços gerais (água, luz, telefone e gás de cozinha) e lazer. E no grupo bens de consumo duráveis (eletroeletrônicos, eletrodomésticos, móveis e informática), a pesquisa identificou queda media nos preços pesquisados, -2,28%.

Cesta básica

O custo da cesta básica de alimentos para uma família de quatro pessoas teve uma ligeira alta de 0,07%. No mês de maio, seu valor foi de R$475,08 e no mês de junho, esta despesa subiu para R$478,40. Os maiores aumentos foram os derivados lácteos.

02/07/14

Fonte: Ascom Ufla

Gostou? Então compartilhe!

Tags: ,

Comente esta notícia

LEIA AS REGRAS: Comentários que contenham palavrões, ofensas ou que não tenham relação com o assunto tratado na notícia podem ser deletados sem nenhum aviso. Em hipótese alguma faça propagandas de outros sites ou blogs. OBS: Os comentários dos leitores não refletem a opinião de O LAVRENSE
Comentário(s)
0 Comentário(s)

0 comentários: