-->

Polícia Ambiental fecha abatedouro clandestino em Ijaci

Carne estava imprópria para o consumo  e foi apreendida.
A Polícia de Meio Ambiente fechou um abatedouro clandestino na zona rural de Ijaci. O abate dos animais acontecia em um galpão de 90 m²,  era feito sem condições de higiene e com pratica de maus tratos aos porcos. Para a morte dos suínos era usada uma pistola de impulso elétrico que causava o desmaio do animal que posteriormente era ferido com golpes de faca no coração.

De acordo com a polícia, o abatedouro não tinha autorização ambiental e os resíduos eram enterrados na propriedade,  além de não adotar nenhum procedimento de higiene. Apos analise e vistoria de medico veterinário a carne foi considerada impropria para o consumo, o local de abate como insalubre e os métodos definidos como inadequados.

http://www.olavrense.com.br/2014/07/policia-ambiental-fecha-abatedouro.html
Local não adotava procedimentos de higiene e descartava resíduos de animais de forma inadequada. Fotos: PM divulgação

A carne oriunda do abate clandestino, que seria destinada a uma casa especializada para fazer linguiças na cidade de Lavras e um supermercado de Bom Sucesso, foi descartada em aterro sanitário.


A Policia de Meio Ambiente realizou a prisão em flagrante do proprietário e lavrou R$ 18.200,40 em multas administrativas pela atividade de abate de animais sem a devida licença ambiental e o armazenamento de carne suína em desacordo com normas e padrões ambientais.

28/07/14

Gostou? Então compartilhe!

Tags: ,

Comente esta notícia

LEIA AS REGRAS: Comentários que contenham palavrões, ofensas ou que não tenham relação com o assunto tratado na notícia podem ser deletados sem nenhum aviso. Em hipótese alguma faça propagandas de outros sites ou blogs. OBS: Os comentários dos leitores não refletem a opinião de O LAVRENSE
Comentário(s)
3 Comentário(s)

3 comentários:

  1. Helenice16:59

    Aí que nojo!! Devia dar cadeia pra todo mundo. Pra quem abate e pra que sabe a origem mas mesmo assim traz pra vender aqui em Lavras. Que N-O-J-O!

    ResponderExcluir
  2. Anônimo18:02

    Putz isso que eu chamo de "porcaria"....rs

    ResponderExcluir
  3. Anônimo08:47

    Vocês deveriam divulgar os nomes dos envolvidos e da casa "especializada" para fazer linguiças em Lavras e o supermercado de Bom Sucesso, assim a população saberia onde não comprar. A impunidade começa com a divulgação de noticias ocultando o nome dos envolvidos. Não vão pagar as multas e vão continuar cometendo este crime.

    ResponderExcluir