-->

LarEVida promove palestra sobre prevenção do câncer de mama

Mastologista Dr. Sérgio Jeunon - Foto: Adriano Salgado
O Lar Esperança e Vida Mateus Loureiro Ticle (LarEVida) realiza na quarta-feira, dia 22, no Lavras Shopping, às 20h30,  com o médico mastologista Dr. Sérgio Luís Jeunon, dentro da programação do Outubro Rosa em Lavras, que teve abertura na quinta-feira com a realização da Caminhada Rosa.

Na palestra, o Dr. Jeunon dará uma atenção especial à prevenção, que é um dos fatores mais importantes para o êxito do tratamento da doença, já que quanto antes o tumor for detectado, maiores as chances de cura. Entre as ações mais importantes, segundo o médico, estão a realização do autoexame, exames clínicos periódicos e a mamografia.

Outro ponto importante na palestra é em relação às dicas sobre a qualidade de vida, os cuidados com a saúde em geral, com a boa alimentação e o combate ao estresse, que são fatores que propiciam o surgimento da doença quando não observados, o que poder ser identificado observando-se o perfil das mulheres com câncer de mama.

Também serão abordados temas relacionados ao diagnóstico e ao tratamento, ressaltando que muitas vezes só a realização da mamografia não é o suficiente para identificar um nódulo, daí a importância do exame clínico de rotina. Ele ressalta que o tratamento varia de acordo com cada caso, mas invariavelmente passa pela cirurgia para a retirada no nódulo, quimioterapia e radioterapia, não necessariamente nesta ordem.

Nos casos quando o câncer é identificado num estágio mais avançado, a paciente pode ser submetida a uma mastectomia, ou seja, a retirada da mama, o que hoje em dia também tem tido avanços com as técnicas de reconstrução, que na maioria das vezes é realizada num mesmo procedimento cirúrgico, o que interfere positivamente no resultado do tratamento, já que melhora a autoestima da paciente.

O médico alerta que mesmo com os avanços da medicina no tratamento do câncer, da utilização de medicamentos mais eficazes na quimioterapia, o que vê aumentando os índices de cura, os números totais de óbitos ainda é considerado alto em parte pelo aumento no número de casos diagnosticados, inclusive com o aparecimento da doença em mulheres mais jovens, o que reforça a importância da prevenção.

21/10/14

Gostou? Então compartilhe!

Tags: ,

Comente esta notícia

LEIA AS REGRAS: Comentários que contenham palavrões, ofensas ou que não tenham relação com o assunto tratado na notícia podem ser deletados sem nenhum aviso. Em hipótese alguma faça propagandas de outros sites ou blogs. OBS: Os comentários dos leitores não refletem a opinião de O LAVRENSE
Comentário(s)
0 Comentário(s)

0 comentários: