-->

Simulação permite saber o aumento na conta de luz da Cemig

A implantação das bandeiras como um novo sistema de tarifação irão gerar um custo extra para o consumidor na conta de luz. Anunciada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) na semana passada, a cor referente ao mês de janeiro de 2015 será vermelha, em razão dos custos das termelétricas. Dessa forma, a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) esclarece ao consumidor o quanto isso deverá impactar em suas contas.

A Cemig propõe uma simulação aos consumidores a partir da quantidade de quilowatts-hora consumidos no sistema da bandeira vermelha, em comparação com a bandeira verde, quando não há algum tipo de cobrança. Confira abaixo:


A Aneel sinaliza aos consumidores que a oferta de energia para atender a demanda dos consumidores no mês de janeiro terá um acréscimo de R$ 0,03 para cada kWh (quilowatt-hora). A tarifa corresponde ao valor da bandeira vermelha. No caso da bandeira verde, as condições são favoráveis de geração de energia. Portanto, a tarifa não sofrerá nenhum acréscimo. Já a bandeira amarela indica um sinal de atenção, pois as condições de geração são menos favoráveis, com algumas termelétricas operando. A tarifa sofre acréscimo de R$ 0,015 para cada kWh consumido.

Os consumidores da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) fazem parte do Subsistema Sudeste/Centro-Oeste, que engloba os estados das duas regiões, além do Acre e de Rondônia. A bandeira definida pela Aneel, para vigorar em cada mês, será a mesma para os consumidores desses estados, com exceção do Acre, que não faz parte do Sistema Interligado Nacional. O restante do país está organizado em outros três subsistemas: Sul, Nordeste e Norte.

A Cemig ressalta que na conta de energia elétrica não haverá nenhuma imagem de bandeira sinalizando a cor da tarifa vigente, mas será destacado, no campo "Valores Faturados", o custo adicional relativo à aplicação da bandeira tarifária vigente no período. Além disso, o consumidor poderá consultar, no site da Cemig e da Aneel a Bandeira Tarifária vigente naquele mês.

29/12/14

Com Agência Minas

Gostou? Então compartilhe!

Tags:

Comente esta notícia

LEIA AS REGRAS: Comentários que contenham palavrões, ofensas ou que não tenham relação com o assunto tratado na notícia podem ser deletados sem nenhum aviso. Em hipótese alguma faça propagandas de outros sites ou blogs. OBS: Os comentários dos leitores não refletem a opinião de O LAVRENSE
Comentário(s)
0 Comentário(s)

0 comentários: