-->

Polícia Rodoviária de Lavras realiza escolta de carga superdimensionada na BR 354

A Polícia Militar Rodoviária de Lavras realizou na tarde da última terça-feira (13),  a escolta da carga superdimensionada pesando 180 toneladas e oito metros de largura, ocupando toda a pista de rolamento da rodovia BR 354. O material escoltado estava a caminho da cidade de Macapá no Estado do Amapá com previsão de chegada ao local de destino somente em julho deste ano.

Conforme previsto no Código de Trânsito Brasileiro, toda movimentação de cargas pesadas indivisível e excedente com peso e dimensões listadas no Art. 101 carecem de equipamentos especiais e uma série de precauções para minimizar os riscos de acidentes.


As equipes da Polícia Militar Rodoviária de Lavras mantiveram a ordem e a fluidez do tráfego na BR 354, garantindo que todos os usuários da via pudessem realizar o seu trajeto sem riscos de acidentes ou danos nas obras de arte que compreendem a via.
O trabalho dos Policiais Militares foi o balizamento do trânsito, com paradas periódicas em ambos os sentidos, propiciando o deslocamento da carga e o fluxo do trânsito.

Observou-se sempre a cautela necessária na prevenção de acidentes, tendo em vista que a carga ocupava toda a extensão lateral da via, obrigando a interrupção do fluxo de veículos em ambas as direções.


Os cavalos mecânicos precisam ser reforçados e as carretas projetadas especialmente para esse tipo de transporte. Os profissionais envolvidos na operação do caminhão precisam ter familiaridade com o tipo de serviço e a carga transportada, sendo cadastrados, obrigatoriamente, pelo DNIT e ANTT.

Este trabalho realizado pelos policiais militares da Polícia Militar Rodoviária não é exceção, sendo constante na malha viária estadual de sua responsabilidade. Os motoristas, aos se depararem com este tipo de balizamento realizado pela Polícia Militar Rodoviária devem se manter atentos e obedecerem as ordens dos Policiais para que sua integridade física, bem como dos demais usuários da via, sejam preservadas. Recomenda-se, ainda, paciência por parte dos usuários da via. Após a liberação o condutor não deve imprimir velocidade acima que a permitida para não comprometer a segurança do trânsito.


15/01/15

Fonte: Ascom 6ª CIA MAT

Gostou? Então compartilhe!

Tags:

Comente esta notícia

LEIA AS REGRAS: Comentários que contenham palavrões, ofensas ou que não tenham relação com o assunto tratado na notícia podem ser deletados sem nenhum aviso. Em hipótese alguma faça propagandas de outros sites ou blogs. OBS: Os comentários dos leitores não refletem a opinião de O LAVRENSE
Comentário(s)
2 Comentário(s)

2 comentários:

  1. Thales20:10

    Massa! quem sabe sabe!

    ResponderExcluir
  2. Anônimo08:54

    acho um absurdo, um abuso usarem nossas estradas já tão péssimas sem segurança nenhuma para transportar equipamentos dessa natureza, para suprir o interesse de grandes indústrias, e nós é quem pagamos por isso!

    ResponderExcluir