-->

Obrigatoriedade de exame toxicológico para caminhoneiros é adiada para junho

A obrigatoriedade de exame toxicológico para caminhoneiros que forem renovar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH), nas categorias C, D e E foi prorrogada de abril para junho. A Lei Lei 13.130/15, publicada no Diário Oficial da União, altera a data imposta pela Resolução 517/2015, de 29 de janeiro, do Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

Laboratórios aptos a realizar os testes deverão ser credenciados pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). A intenção é identificar o uso de substâncias psicoativas no organismo do motorista responsável pelo transporte de cargas e passageiros. O exame deve pesar no bolso do caminhoneiro com o custo entre R$ 270 e R$ 290, exigido na renovação da CNH a cada cinco anos.

A análise será feita por amostras de fios de cabelo ou das unhas. É possível pelo exame detectar a presença no organismo de drogas como a cocaína, crack ou merla, maconha e derivados, morfina, heroína, ecstasy, ópio, codeína, anfetamina e metanfetamina, os populares rebites.

No caso de indentificada a substância, o motorista que eventualmente tenha utilizado no prazo de três meses algum medicamento, sob prescrição médica, que tenha em sua composição algum elemento detectado no exame, será novamente avaliado para emissão de laudo final que possa considerá-lo apto à renovação da carteira.

As jornadas exaustivas de trabalho e a distância do lar já levaram pelo menos metade dos caminhoneiros no Brasil a usarem estimulantes como anfetaminas e outros tipos de drogas para vencer o sono depois de mais de 10 horas ao volante. É o que revela a pesquisa “As Drogas e os Motoristas Profissionais”, publicada pelo Programa SOS Estradas.

Das mais de mil mortes de profissionais das estradas que acontecem todos os anos nas rodovias brasileiras, parcela delas indica que os acidentes foram provocados pelo consumo de drogas. A Universidade Federal de Minas Gerais calcula que três em cada dez caminhoneiros usam rebites e anfetaminas para ficarem acordados ao volante.

13/03/15

Fonte: Radar Nacional

Gostou? Então compartilhe!

Tags:

Comente esta notícia

LEIA AS REGRAS: Comentários que contenham palavrões, ofensas ou que não tenham relação com o assunto tratado na notícia podem ser deletados sem nenhum aviso. Em hipótese alguma faça propagandas de outros sites ou blogs. OBS: Os comentários dos leitores não refletem a opinião de O LAVRENSE
Comentário(s)
0 Comentário(s)

0 comentários: