-->

PM prorroga data de inscrições para concurso público

A Polícia Militar de Minas gerais prorrogou o prazo de inscrições do concurso público que irá oferecer 1.590 vagas para soldados de 2ª classe. Agora, as inscrições poderão ser feitas até o dia 29 de outubro. A taxa de inscrição pode ser paga até o dia 30.

Segundo a Chefe do Centro de Recrutamento e Seleção da PMMG, tenente-coronel Cleyde Cruz, a data foi prorrogada para que mais pessoas tenham a chance de participar. “Devido ao fato de o mês de outubro ser um período de feriados, essa prorrogação permite mais tempo ao candidato para se inscrever”, comenta. Até o momento, 6.121 pessoas se inscreveram.

O Sul de Minas terá 420 vagas disponíveis. Dessas vagas, 150 serão destinadas à região de Pouso Alegre. Poços de Caldas, Passos e Lavras terão 90 vagas cada uma. Pela primeira vez, desde 2010, a formação dos novos soldados vai acontecer no interior, com aulas nas quatro cidades.

O concurso é destinado ao público masculino e feminino que tenha graduação superior e 29 anos completos até o dia 27 de julho de 2016. O salário será de R$ 3 mil durante o período de formação e de cerca de R$ 4 mil após a formatura.

O processo seletivo será desenvolvido em quatro fases: prova de conhecimentos, exame de saúde, teste físico e avaliação psicológica. Os interessados devem acompanhar os locais e horários de cada fase pelo portal da Polícia Militar.

Uma vez aprovado, o candidato passará pelo curso de formação de soldados. São nove meses de preparação até que o praça esteja pronto para atuar nas ruas. A expectativa do Estado é a de que os novos militares comecem a trabalhar em abril de 2017.

Mais informações podem ser obtidas pelo site da PM.

14/10/15


Gostou? Então compartilhe!

Tags:

Comente esta notícia

LEIA AS REGRAS: Comentários que contenham palavrões, ofensas ou que não tenham relação com o assunto tratado na notícia podem ser deletados sem nenhum aviso. Em hipótese alguma faça propagandas de outros sites ou blogs. OBS: Os comentários dos leitores não refletem a opinião de O LAVRENSE
Comentário(s)
0 Comentário(s)

0 comentários: