-->

Concursos mais esperados para 2016 vão oferecer salários de até R$ 11 mil

O ano de 2016 promete ser cheio de grandes oportunidades para quem deseja ingressar no serviço público por meio dos concursos. Dentre as provas mais esperadas para 2016 estão os do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e do Banco do Brasil. Os editais desses dois órgãos ainda não foram publicados. Apenas no INSS são previstas 800 vagas.

Outros concursos já estão com inscrições abertas, mas as provas devem ser aplicadas somente em 2016, como é o caso da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) e a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), que podem garantir salários de até R$ 11 mil.

Por causa da crise econômica deste ano, vários concursos, que estavam previstos, tiveram que ser adiados. Na área federal apenas os que já foram aprovados em 2015, pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, serão mantidos.

Confira alguns concursos que estão previstos e outros que já estão com as inscrições abertas:

Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) – o edital ainda não foi lançado. Serão abertas 800 vagas para o nível médio, com remuneração de até R$ 5.173,37.

Banco do Brasil - devem ser abertas vagas para agências em Minas Gerais, mas ainda não foi publicado edital.

Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) – as inscrições estão abertas até o dia 20 de dezembro. São 102 vagas. Salário de R$ 5.689,52 para o cargo de Técnico Administrativo.

Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) – as inscrições estão abertas até o dia 04 de janeiro de 2016, para 150 vagas. Os salários variam de R$ 5.689,52 (Técnico Administrativo) a R$ 11.974,49 (Especialista em Regulação de Aviação Civil).

16/12/15

Gostou? Então compartilhe!

Tags:

Comente esta notícia

LEIA AS REGRAS: Comentários que contenham palavrões, ofensas ou que não tenham relação com o assunto tratado na notícia podem ser deletados sem nenhum aviso. Em hipótese alguma faça propagandas de outros sites ou blogs. OBS: Os comentários dos leitores não refletem a opinião de O LAVRENSE
Comentário(s)
0 Comentário(s)

0 comentários: