-->

Setor agropecuário lidera geração de empregos em Lavras no mês de junho com 216 vagas

Geração de empregos formais em Lavras foi salva pelo setor agropecuário

Lavras voltou a registrar saldo positivo na geração de empregos, conforme dados divulgados nesta segunda-feira (17) pelo Ministério do Trabalho e Emprego, com base no Cadastro Geral de Emprego e Desemprego (Caged). Em junho, foram 746 admissões contra 693 desligamentos, gerando um saldo de 53 novos empregos com carteira assinada no município.

No saldo do primeiro semestre, Lavras acumula ganho de 318 postos de trabalho. Foram 4.477 admissões contra 4.159 desligamentos.

O saldo positivo em junho ocorreu principalmente por causa das contratações no setor agropecuário, com 187 admissões a mais que demissões.

Já áreas com queda na geração de emprego formal foram no setor de serviços (-86), construção civil (-32) , comércio (-12) e industria de transformação (-3).

Confira, no quadro abaixo, a evolução do emprego formal em Lavras no mês de junho:


Minas Gerais

Minas Gerais fechou o mês de junho com saldo positivo de 15.445 novos postos de trabalho, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, divulgado nesta segunda-feira (17) pelo Ministério do Trabalho. O resultado foi o melhor entre todos os estados brasileiros no mês.

O saldo positivo de Minas Gerais foi gerado pela diferença entre 108.965 contratações e 107.392 demissões, representando um crescimento de 0,05% em relação ao mês de maio. O resultado foi motivado, principalmente, pela expansão dos setores de Agropecuária (+17.161 postos) e Serviços (+901 postos).

Geração de emprego no país

Considerando todo o Brasil, as contratações superaram as demissões em 67.358 trabalhadores com carteira assinada no primeiro semestre. Essa foi a primeira vez, desde 2014, que foram abertas vagas formais nos seis primeiros meses do ano.

No mesmo período de 2016, houve a demissão de 531.765 trabalhadores com carteira assinada e, em 2015, 345.417 empregos foram fechados. Deste modo, foi o melhor resultado para o primeiro semestre em três anos. A série histórica, nesse caso, começa em 2002.

■ Leia também:

Prefeitura de Lavras e DNIT definem locais para instalação de passarelas na BR-265
Engenheiro do DNIT esteve em Lavras para conhecer os locais onde deverão instaladas quatro passarelas sobre a rodovia BR-265.
Atendimento biométrico abrange seis municípios na região de Lavras
Carrancas, Itumirim, Itutinga, Ingaí, Nepomuceno e Perdões passam a ter o recadastramento biométrico.

17/07/17

Gostou? Então compartilhe!

Tags: ,

Comente esta notícia

LEIA AS REGRAS: Comentários que contenham palavrões, ofensas ou que não tenham relação com o assunto tratado na notícia podem ser deletados sem nenhum aviso. Em hipótese alguma faça propagandas de outros sites ou blogs. OBS: Os comentários dos leitores não refletem a opinião de O LAVRENSE
Comentário(s)
0 Comentário(s)

0 comentários: