-->

Cemig conclui etapa de automação do sistema elétrico no Sul de Minas

A Cemig concluiu a instalação de 104 religadores na rede elétrica da região Sul do estado, resultado de um investimento de R$ 4 milhões em melhorias no fornecimento de energia. As obras foram concluídas neste mês, beneficiando diretamente 982 mil clientes da região.

O equipamento, que é instalado no poste, protege o sistema elétrico e reduz o efeito das falhas transitórias que interrompem o fornecimento de energia, como o toque acidental de árvores na rede. Ele atua também isolando o trecho com problemas e possibilitando a conexão em outro circuito próximo, que passa a ser a fonte de alimentação. Assim, eles diminuem ainda a quantidade de clientes afetados.

Empresa investiu cerca de R$ 4 milhões em religadores neste ano. Foto: Cemig divulgação
De acordo com a gerente de manutenção e serviços, Denise Araújo Faria, com esses novos dispositivos a Cemig espera uma melhoria nos indicadores que medem a qualidade do fornecimento de energia, com redução no tempo e na quantidade das interrupções para os clientes da companhia. “A expectativa é de que haverá, em média, uma hora a menos de interrupção de energia para quase 500 mil clientes, por ano”, afirmou Denise.

“Os religadores conseguem identificar o defeito na rede e atuar automaticamente para resolver o problema. As equipes de eletricistas ficam com os serviços mais complexos. Quando os religadores atuam, o máximo que o cliente sente é um pique de energia que dura até três minutos”, disse a gerente.

Em toda a sua área de concessão, a Cemig vai instalar até o final do ano quase três mil religadores. Só em 2017 a empresa aumentou em mais de 30% o número de religadores telecontrolados em seu sistema elétrico. Com os equipamentos instalados nesta etapa, a região Sul conta com um total de 579 religadores.

■ Leia também:

20/12/17

Gostou? Então compartilhe!

Tags: ,

Comente esta notícia

LEIA AS REGRAS: Comentários que contenham palavrões, ofensas ou que não tenham relação com o assunto tratado na notícia podem ser deletados sem nenhum aviso. Em hipótese alguma faça propagandas de outros sites ou blogs. OBS: Os comentários dos leitores não refletem a opinião de O LAVRENSE
Comentário(s)
0 Comentário(s)

0 comentários: