-->

Veja como funcionarão novas regras para renovar CNH


A partir de 5 de junho, os motoristas que forem renovar a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) terão de fazer um curso, com duração de 10h/aula, e uma prova, conforme a resolução 726/2018 do Contran (Conselho Nacional de Trânsito). Os exames médicos, já pedidos anteriormente, continuam como exigência.

O curso poderá ser feito de modo presencial ou à distância e obrigatório para todos os motoristas que forem renovar a CNH. Já a prova, será teórica e de múltipla escolha, com quatro alternativas de respostas, sendo apenas uma correta.

Para ser aprovado, será necessário acertar, no mínimo, 70% das questões. Caso seja reprovado na prova, o motorista só poderá realizar um novo teste quinze dias depois da divulgação do resultado.

Motorista vai ter que fazer 2 balizas para tirar a CNH

Se a prova da baliza já é o terror para a maioria dos solicitantes da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) na categoria B (carros de passeio), a situação deve piorar a partir de junho deste ano, quando os inspetores devem exigir duas manobras no teste, uma paralela à calçada e outra perpendicular.

Atualmente, apenas uma manobra do tipo é exigida. Quem define qual é necessária para passar na prova é o Detran de cada estado. Isso deve valer só até 5 de junho.

Para padronizar as provas em todo o país, o Contran publicou na última semana uma resolução que exigirá de todos os alunos os dois tipos de manobras. Ou seja, para ser aprovado, o condutor deverá fazer uma manobra de estacionamento paralelo ao meio fio e também uma entrada perpendicular à calçada, simulando uma garagem, com a retirada do veículo.

O comprimento e a largura da vaga continuam os mesmos: tamanho do veículo mais 40%. O tempo máximo para fazer cada uma das manobras é de cinco minutos, com no máximo três tentativas. O candidato será eliminado da prova de baliza se somar 5 pontos ou mais em faltas.

16/03/18

Gostou? Então compartilhe!

Tags: ,

Comente esta notícia

LEIA AS REGRAS: Comentários que contenham palavrões, ofensas ou que não tenham relação com o assunto tratado na notícia podem ser deletados sem nenhum aviso. Em hipótese alguma faça propagandas de outros sites ou blogs. OBS: Os comentários dos leitores não refletem a opinião de O LAVRENSE
Comentário(s)
1 Comentário(s)

1 comentários:

  1. Nair Botelho20:28

    Mais um absurdo jeito do governo meter a mão no bolso dos brasileiros!

    ResponderExcluir