-->

Mapeamento do parque cafeeiro é tema de workshop em Lavras


O uso de satélite para auxiliar no desenvolvimento da cadeia produtiva do café em Minas Gerais será discutido, nesta terça-feira (17), durante o Workshop Mapeamento e Monitoramento do Parque Cafeeiro, realizado em Lavras.

Na ocasião, o superintendente de Informações do Agronegócio da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Aroldo de Oliveira Neto, fará uma apresentação sobre o uso do georreferenciamento nos estudos de safra da estatal.

O evento tem como objetivo apresentar resultados e debater estratégias para a contínua atualização do Geoportal – uma ferramenta que deve ficar à disposição dos produtores e da sociedade com o intuito de apoiar a cultura cafeeira na região. A Conab participará da apresentação sobre a proposta de atualização do mapeamento mineiro, acompanhada de representantes da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater-MG) e da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig).

Segundo os dados do último levantamento de safra da Conab, a produção brasileira de café da safra 2018 situa-se entre 54,44 e 58,51 milhões de sacas de 60 quilos, com uma variação entre 21 a 30%, superior à do ano passado, quando atingiu 44,9 milhões de sacas. Minas Gerais, o maior produtor nacional, possui números entre 29,09 e 30,63 milhões de sacas.

Serviço:
Workshop Mapeamento e Monitoramento do Parque Cafeeiro
Local: Universidade Federal de Lavras (anfiteatro 2 do DADE)
Data: 17/04/2018
Horário: 9 às 16h

17/04/18

Gostou? Então compartilhe!

Tags: , ,

Comente esta notícia

LEIA AS REGRAS: Comentários que contenham palavrões, ofensas ou que não tenham relação com o assunto tratado na notícia podem ser deletados sem nenhum aviso. Em hipótese alguma faça propagandas de outros sites ou blogs. OBS: Os comentários dos leitores não refletem a opinião de O LAVRENSE
Comentário(s)
0 Comentário(s)

0 comentários: