MULHERES SÃO VÍTIMAS DE ROUBO DE CARTEIRA

As ações de punguistas (batedores de carteiras) são comuns em locais de grande movimento em Lavras , e principalmente quando existe descuido por parte das pessoas, sendo as vítimas, normalmente, as mulheres. A falta de cuidado com as bolsas, que devem ser mantidas na frente, e junto ao corpo, é um dos alertas sempre feitos pela polícia militar.

Na segunda-feira (12), por volta das 18h, uma ajudante, de 32 anos, do Jardim Glória, notou que sua bolsa estava aberta dentro de uma lojas da rua Melo Viana, na região central da cidade. Ela ficou sem documentos pessoais, cartões de crédito e de convênios, e de R$ 75,00.

Uma aposentada, 65 anos, da Vila Alzira, teve seus documentos pessoais e cartão do posto de saúde furtados no interior de uma loja da Rua Otacílio Negrão, por volta das 12h de sábado. Já uma advogada, esqueceu a carteira sobre o balcão de uma lanchonete da Praça Leonardo Venerando, após pagar a conta. Antes de sair da loja ela teria percebido o fato, e mesmo funcionários quanto clientes foram questionados sobre o problema, mas não teriam se manifestado. Além de cartões bancários e talonário, a advogada ficou sem os documentos pessoais e do veículo, e sem R$ 70,00.
Postagem Anterior Próxima Postagem