PREFEITURA INAUGURA UNIDADE REGIONAL DE PRONTO ATENDIMENTO

Uma solenidade realizada no início da noite desta quinta-feira (29), marcou a inauguração da Unidade Regional de Pronto Atendimento Nerina Menicucci(URPA). A obra é considerada uma das maiores realizações da atual administração municipal.

O Pronto Socorro é fruto de uma parceria entre Secretaria de Estado de Saúde (SES) e a Prefeitura da cidade, com o objetivo de ampliar os atendimentos de urgência e emergência na microrregião de Lavras.


O prédio localizado na Avenida Ernesto Matioli, ocupa uma área de mais de quatro mil metros quadrados e vai contar com salas de cirurgia, laboratórios, farmácia e amplo estacionamento. A Policlínica Municipal também funcionará no novo imóvel. O Pronto Atendimento possui Clínicos Gerais, Neurologistas, Anestesiologistas, Cirurgiões, Ortopedistas e Radiologistas. Os serviços de Raio X também serão feitos no local.

“Essa obra tem um significado muito importante para Lavras e região porque vem consolidar uma tendência da nossa secretária que é a de pensar na assistência à saúde em termos de micro região.E Lavras é uma das principais micro regiões de Minas Gerais. Lavras está dando um salto de qualidade em relação aos serviços de saúde, e com certeza este pronto socorro está entre os melhores do Estado”, disse o Dr. Mario Terra, representante do Secretário de Estado da Saúde Marcus Pestana.

A prefeita Jussara Menicucci afirmou que o Pronto Socorro Regional é uma das pontas dos investimentos feitos em saúde na cidade. “A inauguração dessa unidade de pronto atendimento vem coroar toda essa trajetória de desenvolvimento que nós pretendemos pra nossa cidade. O antigo P.A. funciona sem a mínima condição, mas, a partir de agora todos poderão ter aqui um atendimento digno, humano e com total conforto.”, disse Jussara.

Atraso

Mesmo com a inauguração, a população não poderá ser beneficiada de imediato nas novas instalações do Pronto Atendimento Municipal. A culpa pelo atraso segundo a prefeita, é da construtora responsável pela realização da obra. “A parte de atendimento deve ainda demorar de 10 a 15 dias porque a construtora atrasou a obra e não cumpriu o que estava determinado no contrato”, disse. A prefeita informou ainda que tão logo os equipamentos estejam totalmente instalados, a Unidade Regional estará atendendo a toda a população.
Postagem Anterior Próxima Postagem