Risco de afogamentos coloca Bombeiros de Lavras em alerta

O clima seco e quente, com os termômetros chegando aos 30 graus, coloca os soldados do Corpo de Bombeiros de Lavras em alerta. Nesta época do ano aumenta o número de afogamentos na cidade e região.

Por isso, o comandando do Corpo de Bombeiros de Lavras já está repassadando as instruções aos soldados para o trabalho nos rios, cachoeiras e lagos de Lavras e região.

O domingo registrou ocorrências de afogamento na região. Em Ribeirão Vermelho, os primos Amintas Henrique da Costa, de 19 anos, e Emerson Alexandre Alvarenga, de 24, continuavam desaparecidos até a tarde de ontem. Segundo o cabo Elvis Luiz da Silva, do 8º BPM, o irmão de Emerson, Hélio Cleyton, disse que eles foram nadar no rio Grande, no início da tarde, e não retornaram. O Corpo de Bombeiros de Lavras realiza buscas na região da represa do Funil, no povoado de Álvaro Botelho, zona rural de Ribeirão Vermelho.

Cuidados

De acordo com os bombeiros existem alguns cuidados necessários. Primeiro, os pais têm de estar atentos, não deixando os filhos frequentarem esses locais isolados sem a presença de adultos.

Ao sair para uma pescaria, fazer uso do celular e deixar o endereço com os familiares. Outro cuidado é evitar a ingestão de bebidas alcoólicas e comida antes do banho.

29/10/08
Postagem Anterior Próxima Postagem