"TRATADOS COMO ANIMAIS" - VEREADOR ANDERSON GARÇOM ESCLARECE DECLARAÇÕES

Na reunião da Câmara Municipal nesta segunda-feira (06), o vereador Anderson Garçom (PV) procurou esclarecer a polêmica criada entorno de suas declarações sobre o atendimento ao público na Unidade Regional de Pronto Atendimento (URPA).

O vereador havia dito em plenário, em sessão anterior, que vinha recebendo reclamações de usuários quanto ao atendimento prestado pelos servidores que trabalham no local. Segundo o vereador, pessoas o procuram dizendo que, ao buscar atendimento na URPA, se sentiam como se estivesse entrando numa clínica veterinária e sendo tratados como animais.

A declaração causou mal-estar em alguns profissionais do setor. Para tentar desfazer o mal entendido, Anderson disse que enviou ofício ao Departamento de Veterinária da Universidade Federal de Lavras (UFLA) explicando suas declarações. O vereador disse que as críticas da população eram endereçadas aos atendentes do URPA e não aos veterinários que exercem suas atividades no município.

Em momento algum eu transmiti o recado das pessoas que a mim me procurou (sic) falando mal de veterinário não. Falando mal sim, do atendimento do URPA, ”disse.

Anderson Garçom disse que já pediu a criação de uma comissão para apurar as queixas da população com relação ao atendimento no Pronto Atendimento Regional.

Leia mais sobre saúde em Lavras:

Na TV, Iara Menicucci promete que lavrenses terão a “melhor saúde do Sul de Minas”.
Postagem Anterior Próxima Postagem