VEREADORES REJEITAM CRIAÇÃO DE CPI PARA APURAR DENÚNCIAS ANÔNIMAS

Na reunião desta terça-feira (08) na Câmara Municipal de Lavras, o vereador Marcos Cherem (PSL) pediu a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar as denúncias sobre irregularidades no serviço de coleta de lixo em Lavras.

No video divulgado na semana passada, um homem, identificado como ex-funcionário da CSD, empresa responsável pela coleta de lixo, aponta irregularidades no serviço de coleta feito no período noturno. Segundo o “ex-funcionário”, um mesmo caminhão carregado de lixo é pesado duas vezes, uma quando chega na madrugada e outra pela manhã, como se tivesse acabado de chegar.

Para a criação da CPI seriam necessárias as assinaturas de pelo menos quatro vereadores mas, nenhum deles, além do próprio Cherem, manifestou interesse em levar adiante a idéia da CPI.

Ninguém Viu

Durante a reunião, a maioria dos vereadores usou como argumento para não assinar a criação da CPI, o fato de “não ter visto” o vídeo no site You Tube contendo as denúncias.

Não assisti o vídeo, já pedi ao meu filho pra ele procurar ( o vídeo) onde tiver os blogs pra gente estar analisando" (sic), disse o vereador Anderson Garçom (PV).

Pra mim o que é anônimo não tem valor”, disse o vereador Júlio de Melo (PC do B).

A CPI precisa de um embasamento pra ser instituída. Não podemos agir precipitadamente. Já que a polícia tem competência para investigar nós devemos acompanhar essa investigação e agir no momento oportuno”, Afirmou o vereador Hélio Haddad (PSDB).

CPI não vai resolver nada. Se houver alguma coisa errada, eu tenho certeza que a prefeita vai tomar as providências para que não haja nenhum prejuízo para a população de Lavras”, disse o vereador Ênio Mendes de Siqueira (PMDB).

Eu acredito muito na seriedade do Ministério Público para estar resolvendo essa situação”, disse a vereadora Helena Nogueira(PRB).

Ainda não vi o vídeo aqui hoje comentado”, afirmou Sebastião dos Santos VIeira (PTC). O vereador disse que vai “analisar bem os fatosmas sem se precipitar, para poder tomar a melhor atitude".

Eu quero me aprofundar direitinho e, se for o caso, vou assinar sim”, disse o vereador Edson Alves(PPS), o "Duti".

Eu também vou esperar. A pessoa que fez essa denúncia anônima está sendo covarde.”, afirmou o vereador Daniel Costa (PSDB).

Eu também entendo que o anonimato é um ato covarde de alguém que quer denunciar algo inexistente”, disse o presidente da Câmara, vereador Evandro Lacerda (PSB), o “Chapisco”.
Postagem Anterior Próxima Postagem