PROFESSORA CAI NO GOLPE DO EMPRÉSTIMO E PERDE R$800,00

Folhetos anunciando empréstimos, sem a necessidade de avalistas, tem sido espalhados por toda a cidade e vem causando muitas dores de cabeça. O consumidor precisa estar atento porque o que, à primeira vista, pode parecer um “ótimo negócio” para quem está precisando de dinheiro na verdade pode não passar de um golpe.


Nesta segunda-feira (08), às 15h18m, os militares foram procurados pela vítima, 38 anos, Professora, residente à Rua Dr Paulo de Oliveira Lima, Vila Vilela, a qual informou que no dia 01/02/10 recebera um panfleto oferecendo empréstimo pessoal, constando o telefone para contato, vindo a vítima a fazer um cadastro para retirada de um empréstimo, tendo repassado todos seus dados pessoais para a dita empresa.

A professora informou que durante o pedido de empréstimo a atendente pediu a vitima que efetuasse um deposito de R$ 800,00 em conta poupança, para que o empréstimo fosse efetivado, tendo dito ainda que tão logo o depósito fosse feito, o dinheiro do empréstimo estaria na conta da vitima, contudo após fazer o deposito o empréstimo não foi liberado.

Novas tentativas de contatos foram feitas através dos telefones veiculados no panfleto, mas as atendentes se negam a informar qualquer dado a respeito da empresa.

Foi constatado que a conta poupança na qual a vitima fez o depósito, está em nome de terceiro, com endereço no Povoado de Ramos, em Rezende Costa, Minas Gerais.

Foi registrado o boletim de ocorrência para as medidas pertinentes.
Postagem Anterior Próxima Postagem