Corpo de menina que morreu engasgada em São Lourenço é enterrado em Lavras

O corpo de uma menina de 12 anos foi enterrado, neste sábado (30), em Lavras. Ela morreu nesta sexta-feira (29) depois de se engasgar com massinha de modelar, na Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), em São Lourenço. A menina era portadora de problemas mentais.

A mãe da criança, Simone Souza Ribeiro, disse que achava que a filha era bem olhada na instituição. “Em casa, eu tomava todos os cuidados necessários com ela”, disse.

De acordo com informações da EPTV em Varginha, a polícia disse que a menina estaria dentro da sala de aula brincando com a massinha de modelar, quando a mãe de um outro aluno teria chamado a professora para conversar. Nesse intervalo, a garota teria engolido um pedaço do produto.

Ela teve convulsões e foi socorrida, mas morreu antes de chegar ao hospital. O presidente da Apae falou que a primeira atitude foi afastar a professora das atividades. Ainda de acordo com ele, uma sindicância interna também foi aberta. A Polícia Civil abriu inquérito para apurar o caso e as investigações devem ser concluídas em 20 dias.

30/10/10

Fonte: Globo Minas
Postagem Anterior Próxima Postagem