-->

Ex-prefeito Carlos Alberto Pereira toma posse como Deputado Federal

A mudança de governo, com a posse dos novos presidente e vice-presidente da República, ministros, governadores e vice-governadores, além de secretários estaduais, levou 34 deputados a se afastar da Câmara e deu aos suplentes mandato de 30 dias ou até menos. Isso porque, no dia 1º de fevereiro, tomam posse os parlamentares eleitos em outubro.

Mesmo em período de recesso legislativo, eles vão receber salário de R$ 16.512, além do chamado "cotão", que varia de R$ 23 mil a R$ 34 mil, dependendo de seu estado de origem. Além disso, eles terão direito ao broche e à carteira de deputado, ao plano de saúde e ao passaporte diplomático até o dia 31 deste mês. Entre os empossados está o ex-prefeito de Lavras, Carlos Alberto Pereira. Ele era o 1º suplente do partido e entrou no lugar do deputado Bilac Pinto, de Santa Rita do Sapucaí, que se afastou do cargo para assumir a Secretaria de Densevolvimento Regional e Política Urbana de Minas Gerais.

Dep. Carlos Alberto Pereira (DEM-MG) prestando juramento

Terminado o mandato, eles terão o título de ex-deputados, o que lhes garantirá, por exemplo, acesso a todas as dependências da Câmara, inclusive ao plenário principal, onde só entram parlamentares, ex-parlamentares, servidores da Casa e jornalistas credenciados.

Durante o recesso, não há sessões na Câmara e uma comissão representativa do Congresso Nacional se encarrega dos trabalhos parlamentares. Com isso, os deputados de 30 dias não participarão de qualquer atividade legislativa no mês de janeiro, mas poderão apresentar projetos de lei à comissão representativa. No entanto, se a comissão não se reunir para analisar tais projetos, eles serão arquivados no final da atual legislatura, que termina no próximo dia 31.

Em janeiro de 2007, início da atual legislatura, o deputado Flávio Dino (PCdoB-MA) apresentou proposta de emenda à Constituição (PEC 05/2007) proibindo que os suplentes assumissem mandatos em período de recesso parlamentar, como está ocorrendo agora. A PEC já teve sua admissibilidade aprovada pela Comissão de Constituição e Justiça, mas parou por aí, e a comissão especial para analisar seu mérito não foi instalada até hoje.

05/12/10

Gostou? Então compartilhe!

Tags: ,

Comente esta notícia

LEIA AS REGRAS: Comentários que contenham palavrões, ofensas ou que não tenham relação com o assunto tratado na notícia podem ser deletados sem nenhum aviso. Em hipótese alguma faça propagandas de outros sites ou blogs. OBS: Os comentários dos leitores não refletem a opinião de O LAVRENSE
Comentário(s)
23 Comentário(s)

23 comentários:

  1. Uma pouca vergonha. todo esse dinheiro gasto pra nada. devia ser proibido suplente assumir mandado por apenas alguns dias e ganhar essa fortuna. O país excomungado esse Brasil.

    ResponderExcluir
  2. dá-lhe Carlinhos! é justo. pena ser por um período tão curto e não ter acontecido antes. tenho certeza que teria feito muito por Lavras e região.

    ResponderExcluir
  3. Ridículo! Ficha-suja!

    ResponderExcluir
  4. Tá provado: dinheiro ATRAI dinheiro. não adianta espernear galera o homem ta no direito dele. é a lei. e os outros? aaah vá!

    ResponderExcluir
  5. Deputado com mandato relâmpago e ganhando um belo salário + mordomias...ele góoooosta..dança gatinho!....kkkkk

    ResponderExcluir
  6. Ele terminou sua carreira política com chave de ouro.

    ResponderExcluir
  7. que noooojo,esqueceram o que ele fez com os fucionarios publicos no seu mandato como prefeito? a justiça divina prevalecera.

    ResponderExcluir
  8. parabens carlinhos bjus .....militantes do pdt de barbacena

    ResponderExcluir
  9. O deputado vai conceder uma entrevista coletina na segunda-feira dia 10 no Salão de Reuniões do Ed. San Carlo, na Praça Monsenhor Domingos Pinheiro nº 79-Centro. toda a imprensa local esta convidada.

    ResponderExcluir
  10. Ainda bem que é por um curto periodo graças a Deus. Ninguem merece.

    ResponderExcluir
  11. Agora temos um Federal e um Estadual; Lavras precisava disso. Não é mais possível conviver com os Menicucci, que por sinal chegaram ao fim.

    ResponderExcluir
  12. Nossa fico besta em ler isso, ainda tem uns malucos q aplaudem essa pessoa, q vergonha!! Depois ficam chorando e falando mal das condições em q vivemos, acordem vamos eleger quem merece, e tirar do poder essa corja nojenta. ACORDA POVÃO!!!

    ResponderExcluir
  13. Anônimo...
    vocês estão nesta situação graças aos quase 12 anos que aquela criatura tosca está no poder de Lavras, e não aos apenas 4 que o Carlinhos governou, ok?

    ResponderExcluir
  14. Liliane (conceição da Aparecida - MG10 de janeiro de 2011 19:27

    Parabéns, Dr. Carlos Alberto Pereira. Voce merece, pessoa integra, companheiro. Sucesso!!!

    ResponderExcluir
  15. agora dizem que o perseguidor dele será o candidato da prefeita!

    ResponderExcluir
  16. Podia fazer alguma coisa pela cidade mas com esse tempo tão curto...duvido muito.

    ResponderExcluir
  17. Helenice Freitas do Nascimento21 de janeiro de 2011 10:27

    Ela ja é rico, devia doar esse dinheiro que vai ganhar pra nao fazer nada para as instituições que auxiliam as pessoas aqui em Lavras. seria uma boa ação. mas isso já é esperar demais né deputado? deixa quieto.

    ResponderExcluir
  18. Daniel Freire disse

    É isso ai! Dai para Frente...Vc merece

    ResponderExcluir
  19. Helenice, vai pedir a sua prefeita Jussara para doar o dinheiro dela, já que você votaram nela...

    ResponderExcluir
  20. Não sabendo que era impossível, ele foi lá e fez. (Jean Cocteau, artista francês).

    ResponderExcluir
  21. Meramente um equívoco juridico a inclusão dele na lei da ficha limpa. aaah vá!!

    ResponderExcluir
  22. Valeu doutor Carlos Alberto pena que foi tão pouco

    ResponderExcluir