Servidores fazem manifestação em frente à prefeitura de Lavras

Os servidores munciipais de Lavras fizeram uma manifestação na tarde desta quinta-feira (17) em frente à prefeitura. Segundo a Polícia Militar, cerca de 150 pessoas participaram do protesto de forma pacífica. Entre as principais reivindicações, estão o aumento salarial de 15%, redução da jornada de trabalho de oito para seis horas diárias e revisão do plano de carreira.

A Prefeita  Jussara Menicucci (PSDB), se reuniu com uma comissão dos servidores para debater as questões. Não houve acordo.

Segundo o presidente do Sindicato dos Servidores Municipais, Edmar de souza, a adesão a manifestação promovida pelo sindicato só não foi maior porque alguns funcionários foram ameaçados. "A secretária Anália ( Educação) está ameaçando os servidores para não participar, se participarem eles terão que se ver com ela", afirmou o sindicalista. A Secretária de Educação, por sua vez, negou a acusação. "Ligaram na Secretaria e perguntaram se iria cortar o ponto e eu falei que o mesmo direito que eles tinham de participar da manifestação a Prefeitura também teria o direito de tomar as medidas legais quanto ao assunto e que isso mais tarde seria informado", disse Anália Moreira .

O presidente do Sindicato dos Servidores Municipais disse que pode haver paralisação dos serviços, caso as reivindicações não sejam atendidas. Uma nova assembléia da categoria deve ser realizada na terça-feira, dia 22.


O que querem os servidores municipais de Lavras:
Retorno da carga horária de 8 horas para 6 horas.
Isonomia entre servidores públicos municipais referente ao cartão de ponto.
Reposição salarial de 15%.
Gratificação dos professores.
Imediato ajuste da tabela de nível padrão.
Vale transporte.
Pagamento dos 5% do mês de outubro.
Plano de Saúde.


18/03/11
Postagem Anterior Próxima Postagem