;

Header Ads

Confusão em apuração do Carnaval de SP prejudica o Itaú

Comercial foi associado a homem que rasgou votos.
A conturbada apuração dos votos do Carnaval de São Paulo não trouxe prejuízos somente à imagem da fabricante de lentes de óculos Transitions.

Uma montagem que associava um comercial do banco Itaú e a imagem do integrante da Império de Casa Verde rasgando os votos das escolas de samba ganhou as redes sociais logo após o tumulto.

A brincadeira dizia 'Ele cresceu', em referência ao bebê que, na propaganda do banco, gargalhava ao ver um extrato de banco ser rasgado. Na peça, o Itaú divulga um serviço digital de extrato bancário, argumentando ser uma opção mais ecológica.

Antes disso, a propaganda do Itaú já tinha gerado outra polêmica. Em carta, a Associação Brasileira da Indústria Gráfica (Abrigraf) criticou o 'conceito da peça publicitária' porque, segundo a associação, todo papel usado para impressão no Brasil tem como origem florestas plantadas. "A campanha não condiz com as características da produção de papel e celulose nacional", disse a Abrigaf.

23/02/12

Um comentário: