-->

80 mil são doadores de órgãos no Facebook

Em 30 de julho, o Ministério da Saúde e o Facebook lançaram aos usuários da rede social a possibilidade de se declarar doador de órgãos. Segundo o Ministério da Saúde, nestes quase três meses, mais de 80 mil pessoas já compartilharam a decisão solidária com sua rede de amigos.

Esta é mais uma ferramenta que contribuirá para a nossa campanha de incentivo, temos que usar as redes sociais para mobilizar e engajar pessoas que apoiam a causa. Precisamos fazer com que esta ideia seja multiplicada e alcance o maior número de pessoas”, disse em comunicado o Ministro da Saúde, Alexandre Padilha, quando o projeto foi lançado.

A novidade já estava disponível nos Estados Unidos, e tem por objetivo engajar as pessoas e espalhar a ideia no círculo de convivência de cada usuário. “Acreditamos que, por simplesmente dizer às pessoas que você é um doador de órgãos, daremos um importante passo na conscientização a respeito desta causa tão importante”, explicou em um comunicado Alexandre Hohagen, vice-presidente do Facebook para a América Latina.

É muito simples se declarar um doador no Facebook: vá em sua linha do tempo e clique em “Evento Cotidiano”, ícone à direita na barra superior do seu campo de atualização de status (veja abaixo). A seguir, selecione a opção “Saúde e bem-estar” e, depois, clique em “Doador de órgãos”. Você pode configurar quem terá acesso a essa informação — “Público” ou “Amigos”.

A partir de então, sua opção por se tornar doador ficará visível em sua linha do tempo. É possível ainda compartilhar quando, onde e por que o usuário decidiu se tornar um doador.

Doações


O Brasil bateu recorde ao registrar 13,6 doadores por milhão de população (PMP), meta prevista para 2013. Nos primeiros quatro meses de 2012, foram realizados 7.993 transplantes — um crescimento de 37% em comparação ao mesmo período de 2011, quando foram notificados 5.842 transplantes.

27/10/12

Gostou? Então compartilhe!

Tags: ,

Comente esta notícia

LEIA AS REGRAS: Comentários que contenham palavrões, ofensas ou que não tenham relação com o assunto tratado na notícia podem ser deletados sem nenhum aviso. Em hipótese alguma faça propagandas de outros sites ou blogs. OBS: Os comentários dos leitores não refletem a opinião de O LAVRENSE
Comentário(s)
0 Comentário(s)

0 comentários: