--> Prefeitura de Lavras vai escalonar e atrasar folha de pagamento - O Lavrense

Prefeitura de Lavras vai escalonar e atrasar folha de pagamento

A prefeita Jussara Menicucci (PSDB), divulgou nesta terça-feira (04), uma nota sobre o atraso no pagamento dos salários que tem deixando os servidores municipais aflitos e muito revoltados.

No texto, a prefeita afirma que a culpa pelos atrasos é da baixa arrecadação de tributos municipais associada à constante queda dos repasses federais e estaduais.


Leia a nota divulgada pela Prefeitura de Lavras:

“Tendo em vista a constante queda de arrecadação do Município ocasionada pela desoneração do IPI que compõe o FPM – Fundo de Participação do Municípios, concedida pela presidente da Republica e não compensada aos municípios e pelo baixo crescimento econômico totalmente diferente do previsto e repassado pelo Tesouro Federal para compor o orçamento de2012, a Prefeitura de Lavras tem procurado honrar os compromissos com os servidores públicos e pagamento de fornecedores dentro dos limites impostos pela crise vivida pelos Municípios de todo pais.

A folha de pagamento que seria paga no quinto dia útil do mês de novembro, para servidores que recebem acima de R$4000,00 e que corresponde a 115 servidores da saúde e 29 administrativos inclusive agentes políticos esta sendo escalonada e será quitada na próxima semana.

O ticket alimentação estará disponibilizado no dia 05 deste mês.
No quinto dia útil será quitado servidores da educação com vencimento até R$ 1.000,00 e servidores até R$ 600,00 liquidos.

Agradecemos aos profissionais da saúde que vem mantendo o atendimento neste período de dificuldades e aos servidores administrativos que continuam prestando o serviço.

Pedimos desculpas e a compreensão de todos, pois não é um problema somente da prefeitura de Lavras, mas da falta de apoio do governo federal aos municípios brasileiros".

Lavras, 04 de dezembro de 2012.

Jussara Menicucci de Oliveira
Prefeita

Gostou? Então compartilhe!

Tags: , , ,

Comente esta notícia

LEIA AS REGRAS: Comentários que contenham palavrões, ofensas ou que não tenham relação com o assunto tratado na notícia podem ser deletados sem nenhum aviso. Em hipótese alguma faça propagandas de outros sites ou blogs. OBS: Os comentários dos leitores não refletem a opinião de O LAVRENSE
Comentário(s)
7 Comentário(s)

7 comentários:

  1. Anônimo10:58

    As prefeituras em todo Brasil estão quebradas. Só em MG mais de 600 não terão como quitar a folha salarial do funcionalismo. é urgente a revisão do pacto federativo, pois os mais penalizados são os municípios, já que o dinheiro de toda arrecadação fica 80% com União, 15% para os Estados e 5% com os municípios. Tenho pena dos prefeitos eleitos, eles vão pegar um cenário assombroso.

    ResponderExcluir
  2. Anônimo18:32

    sera se o salario dela e dos puxas tambem estao atrazados? dia 31 ela vira as costas e silascou que tem que receber o Cherem vai por o Cel. Guimaraes no transito uma otima escolha

    ResponderExcluir
  3. Eliane11:23

    Sobre o décimo terceiro nem uma palavra. Ai que raivaaaaaa!

    ResponderExcluir
  4. Anônimo23:18

    Os insatisfeitos com o serviço público que façam suas malas e procurem sua subsistência na iniciativa privada. Pelomenos na iniciativa privada o empregado pode acionar o empregador na justiça.
    Param de xororô...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. João Paulo11:17

      Deixe de ser besta seu otário! agora só porque a pessoa é funcionario público tem que sofrer calada? agora nem reclamar pode? era só oque faltava!

      Excluir
  5. Anônimo13:46

    Concordo....só porque somos funcionários públicos não podemos reclamar ?? Se não fosse o funcionalismo público quero ver como seria a cidade ! Espero que onde este anonimo mora, nunca precise de funcionalismo público para alguma coisa....ou então que ele nunca precise de algo na Prefeitura, e que esteja com IPTU em dia.....Otário !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo20:13

      Vai chora agora ??? Sinceramente no meu ponto de vista a tendência é piorar pois com repasses minimos as prefeituras se individaram cada vez mais. Sinceramente abra sua mente para esta possibilidade. Espero que a Sra. Dilma comece a olhar por nós, e não só pelos mega empresarios.

      Excluir