-->

Prefeitura de Lavras vai intensificar fiscalização em boates

Para evitar que tragédias como o incêndio que deixou mais de 200 pessoas mortas em uma boate em Santa Maria, na madrugada de domingo (27), aconteçam, a legislação vigente no Estado de Minas Gerais obriga que, para funcionar, casas noturnas tenham o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB), documento que comprova que o prédio possui condições seguras para abandono em caso de pânico, acesso fácil para os integrantes dos bombeiros, além de equipamentos para combate a incêndio.

Em Lavras, o prefeito Marcos Cherem (PSD), determinou ao Assessor Especial de Desenvolvimento Econômico Hélio Teixeira que faça uma fiscalização rigorosa em todas as casas de shows, espetáculos e eventos em funcionamento na cidade.

Cherem quer que seja feito um levantamento completo da situação de cada estabelecimento, em especial quanto às normas de prevenção e combate a incêndios. O objetivo é evitar que tragédias como a ocorrida em Santa Maria (RS) possam acontecer em Lavras.

A fiscalização teve início na última segunda-feira (28) e a equipe da prefeitura esta está conferindo se os estabelecimentos estão com os alvarás de funcionamento em dia e se os locais atendem às normas de prevenção contra incêndio. Todos os proprietários serão notificados para que num prazo de 10 dias solicitem uma vistoria técnica junto ao Corpo de Bombeiros.

Aqueles que estiverem em desacordo com a Legislação podem ter os alvarás cassados pela Prefeitura. Em caso de descumprimento das normas de segurança, os estabelecimentos serão interditados.

30/01/13 - O Lavrense

Gostou? Então compartilhe!

Tags:

Comente esta notícia

LEIA AS REGRAS: Comentários que contenham palavrões, ofensas ou que não tenham relação com o assunto tratado na notícia podem ser deletados sem nenhum aviso. Em hipótese alguma faça propagandas de outros sites ou blogs. OBS: Os comentários dos leitores não refletem a opinião de O LAVRENSE
Comentário(s)
0 Comentário(s)

0 comentários: