-->

Polícia encontra documentos de passageiros roubados em ônibus

A polícia encontrou uma pista importante que pode ajudar a localizar homem o suspeito de matar com um tiro na cabeça o engenheiro químico João Gabriel Camargos, de 25 anos, na madrugada do último sábado (9). Documentos de 10 passageiros que foram assaltados em um ônibus durante uma viagem entre Poços de Caldas e Belo Horizonte foram encontrados na represa da Usina do Gafanhoto, da Cemig, em Divinópolis, no centro-oeste do estado, a cerca de 140km do local do crime.

Os papéis estavam dentro de uma mochila que se prendeu perto de uma das comportas.

O delegado da Polícia Civil em Lavras, Carlos Camargos, acredita que a localização dos documentos pode ajudar a prender o suspeito do crime, identificado como Paulo Monteiro da Silva.

Segundo o delegado, a entrada no local é restrita, então ele deve ter jogado a mochila por cima do muro ou em algum rio que deságua no local. Isso pode indicar o paradeiro do suspeito, mas também pode ser apenas uma forma de despistar sua localização.

A partir de segunda, os passageiros podem recolher os documentos na delegacia em Lavras.

15/03/13

Gostou? Então compartilhe!

Tags:

Comente esta notícia

LEIA AS REGRAS: Comentários que contenham palavrões, ofensas ou que não tenham relação com o assunto tratado na notícia podem ser deletados sem nenhum aviso. Em hipótese alguma faça propagandas de outros sites ou blogs. OBS: Os comentários dos leitores não refletem a opinião de O LAVRENSE
Comentário(s)
1 Comentário(s)

1 comentários:

  1. Anônimo16:16

    A POLICIA DE MINAS TEM QUE DAR UMA RESPOSTA A SOCIEDADE,PRENDENDO ESSE MARGINAL.POIS ELE TIROU A VIDA DE UM JOVEM QUE ESTAVA APENAS COMEÇANDO A VIDA.

    ResponderExcluir