-->

Brigas entre pais altera funcionamento cerebral de bebês

Pesquisadores da Universidade de Oregon, no Estados Unidos, associam o funcionamento cerebral de bebês às discussões entre os pais. Segundo estudo, a exposição a brigas entre pais altera a maneira como o cérebro dos bebês processa a emoção do tom de voz. Isso pode fazer com que bebês respondam de forma zangada mesmo durante o sono.

Os bebês possuem cérebros plásticos, ou seja, fortemente modelado pelas experiências e pelo ambiente. Nesse caso, as discussões influem na criança de uma forma extremamente negativa.

O estudo foi iniciado pela necessidade de investigar o impacto de fatores estressantes mais moderados, segundo a líder da pesquisa, Alice Graham. "Nós estávamos interessados em saber se uma fonte comum de estresse no início da vida das crianças, brigas entre os pais, está associada com a forma como cérebro dos bebês funciona", afirma Graham.

A pesquisa contou com a participação de 20 crianças entre seis e 12 meses. Elas foram observadas em laboratório enquanto dormiam e foram expostas a frases sem sentido ditas em tom de voz muito irritado, levemente irritado, feliz e neutro por um adulto do sexo masculino.

Segundo Graham, as crianças apresentaram padrões distintos de atividade cerebral, dependendo do tom de voz ao qual foram expostas. Os pesquisadores puderam constatar que as crianças que costumam presenciar brigas entre os pais apresentaram maior reatividade ao tom de voz muito irritado em áreas do cérebro ligadas ao estresse e regulação da emoção.

A conclusão do estudo revela que os bebês não são indiferentes às discussões dos pais, como talvez possa aparentar. A exposição a esse tipo de conflito é determinante na forma como o cérebro desses seres irão processar o estresse e a emoção.

03/04/13

Gostou? Então compartilhe!

Tags:

Comente esta notícia

LEIA AS REGRAS: Comentários que contenham palavrões, ofensas ou que não tenham relação com o assunto tratado na notícia podem ser deletados sem nenhum aviso. Em hipótese alguma faça propagandas de outros sites ou blogs. OBS: Os comentários dos leitores não refletem a opinião de O LAVRENSE
Comentário(s)
0 Comentário(s)

0 comentários: