--> Suspeito de matar engenheiro em assalto em Perdões é preso no Paraná - O Lavrense

Suspeito de matar engenheiro em assalto em Perdões é preso no Paraná

A Polícia Militar do estado do Paraná, prendeu o homem que teria atirado e matado o engenheiro químico João Gabriel Camargos de Paula, de 25 anos, dentro de um ônibus de viagem. O anúncio de sua prisão foi feito, na manhã desta terça-feira (9), pelo delegado responsável pelas investigações, Aílton Penido, durante um audiência pública, na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), sobre segurança nos ônibus.

O crime aconteceu durante um assalto, no início do mês passado e causou a comoção não só de parentes e amigos do jovem, mas de toda a população mineira. Fernando Oliveira, o “Negão”, foi preso em uma cidade do interior do Paraná e deverá ser transferido para Belo Horizonte. Lá, ele usava o nome falso de Paulo Oliveira da Silva. A Polícia Civil de BH confirmou a prisão dele, destacando que ele também é suspeito de pelo menos 11 assaltos a ônibus de viagem, no Sul de Minas, e o esquartejamento de uma pessoa, na mesma região. O retrato falado dele foi divulgado pela Polícia Civil, três dias após o crime, com base em depoimentos dos passageiros do ônibus, que descreveram o suspeito como sendo alto, de aproximadamente 1,90m, magro, negro, com idade aparente entre 22 e 25 anos.

João Gabriel Camargos, foi morto com um tiro na cabeça, durante assalto a um ônibus da empresa Gardênia que vinha de Poços de Caldas para Belo Horizonte. A vítima viajava ao lado da namorada, Athena Chaves, 23 anos, quando, em Perdões, no Sul de Minas, o assaltante anunciou o crime e começou a recolher os objetos dos passageiros.

Durante a ação, o suspeito teria tropeçado nos pés do engenheiro e, revoltado, acertou a cabeça da vítima com um tiro. Antes de descer do ônibus, em Oliveira, o suspeito teria ameaçado que dois integrantes do Primeiro Comando da Capital (PCC) estavam no coletivo e, portanto, os passageiros e motoristas não poderiam acionar a polícia e só poderiam descer do ônibus em Belo Horizonte.

O ônibus só foi parar no Hospital Socor, no Barro Preto, Região Sul de BH, onde os médicos constataram que João Gabriel já estava morto. Ele foi enterrado no cemitério Parque da Colina, na região Oeste de Belo Horizonte.

09/04/13

Fonte: Hoje em Dia

Gostou? Então compartilhe!

Tags:

Comente esta notícia

LEIA AS REGRAS: Comentários que contenham palavrões, ofensas ou que não tenham relação com o assunto tratado na notícia podem ser deletados sem nenhum aviso. Em hipótese alguma faça propagandas de outros sites ou blogs. OBS: Os comentários dos leitores não refletem a opinião de O LAVRENSE
Comentário(s)
0 Comentário(s)

0 comentários: