--> Comentário em rede social provoca exoneração de Secretária de Saúde de Lavras - O Lavrense

Comentário em rede social provoca exoneração de Secretária de Saúde de Lavras

Foto: reprodução da internet
Quem mantém perfil público nas redes sociais, implicitamente, decidiu tornar um lado da sua vida público. E esse lado precisa estar em sintonia com a percepção que o profissional quer que outros tenham sobre ele, seu perfil e sua carreira. Todo cuidado é pouco. Nesta semana, o caso envolvendo a  ex-secretária de Saúde de Lavras, Gilza Helena Carvalho,  ganhou as páginas de jornais e programas de TV.

Depois que postou no Facebook uma foto em que aparece vestida de hippie e com a legenda "só falta o baseado", Gilza foi acusada por um vereador de fazer apologia às drogas. A postagem causou muita polêmica e a pressão aumentou até que ela acabou se demitindo da função.

Gilza usou o próprio Facebook para se defender nesta quarta (8). Em nota, ela diz que apenas fez um comentário sem maldade por estar em uma festa à fantasia. "Minha indumentária remontava aos anos 60 e 70 onde predominava a era hippie e a utilização de drogas como álcool e maconha era algo comum", diz.

A ex-secretária, que é mãe de duas adolescentes, afirma ainda que jamais faria apologia ao uso de drogas. Ela argumenta que seu pedido de exoneração ocorreu para que possa tomar medidas e comprovar sua inocência. A demissão, porém, foi aceita de imediato pelo prefeito Marcos Cherem (PSD), que já nomeou Márcia Regina Guedes como sua substituta.

Confira na íntegra a nota publicada pela ex-secretária:

NOTA DE REPÚDIO

"É com grande pesar e indignação, que movida por atos inconsequentes e até mesmo criminosos praticados por pessoas inescrupulosas, que me sinto na obrigação de publicamente prestar esclarecimentos a toda a população sobre as calúnias e difamações que venho sofrendo de forma pública, inicialmente por um pseudo jornalista e após pelo ilustre Vereador Sr. Leandro Moretti, através da mídia digital, e de forma absurda, na Tribuna da Câmara Municipal de Lavras, local este que deveria ser utilizado para a promoção do bem comum e não para agressivos e criminosos shows pirotécnicos como ocorreu na noite de ontem.

Diferentemente do que tentaram de forma arrogante, criminosa e agressiva falar, apenas fiz um comentário sem nenhuma maldade por estar em uma festa à fantasia, da qual minha indumentária remontava aos anos 60 e 70 onde predominava a era hippie e a utilização de drogas como álcool e maconha era algo comum.

Jamais faria apologia ao uso de drogas, até porque sou profissional da área de saúde e vejo o dano que as drogas podem causar no seio familiar. Sou mãe e tenho uma reputação a zelar, bem como profissional comprometida e preocupada com o bem estar da sociedade. Nunca deixei de atender as pessoas que buscam diariamente apoio junto à Secretaria Municipal de Saúde, e até mesmo deslocando-me até a residência dos pacientes que não podem se locomover.

Assim, em meio aos danos causados à minha pessoa e à minha família, pois tenho duas filhas adolescentes em casa, às quais procuro passar princípios doutrinários de amor ao próximo, respeito e honestidade, e; procurando preservar a Administração Municipal de Lavras, que tem à frente o Prefeito Marcos Cherem, e para que eu possa exercer na plenitude o meu direito de defesa como cidadã, achei por bem, pedir a exoneração do cargo de Secretária Municipal de Saúde, por considerar gravemente o teor das acusações a mim impostas por tais pessoas que visaram simplesmente a auto promoção e a desestabilização da própria administração pública.

Desta forma, meu pedido de exoneração se dá simplesmente para que, medidas possam ser tomadas no sentido de comprovar minha inocência em relação a tão grave acusação e oportunamente apresentar ao Prefeito e àqueles que tentam de forma cruel e vergonhosa denegrir a minha imagem, as provas de minha idoneidade que é pública e notória".

Casos famosos

Alguns casos se tornaram muito conhecidos em todo o  Brasil e foram exemplo da influência dessas mídias no trabalho: um jornalista da revista National Geographic foi demitido após escrever em seu Twitter comentários ofensivos sobre outra revista publicada pela mesma editora; um diretor foi dispensado por ofender um time de futebol que a empresa havia patrocinado; e uma funcionária do Supremo Tribunal Federal (STF) foi transferida depois de escrever que o presidente do Senado deveria fazer como Ronaldo Fenômeno e “pendurar as chuteiras".

08/05/13

Gostou? Então compartilhe!

Tags:

Comente esta notícia

LEIA AS REGRAS: Comentários que contenham palavrões, ofensas ou que não tenham relação com o assunto tratado na notícia podem ser deletados sem nenhum aviso. Em hipótese alguma faça propagandas de outros sites ou blogs. OBS: Os comentários dos leitores não refletem a opinião de O LAVRENSE
Comentário(s)
22 Comentário(s)

22 comentários:

  1. Milena20:43

    Pura hipocrisia. Quer dizer que se a secretária tivesse ido na festa a fantasia vestida de bruxa e dissesse "só faltou a vassoura", seria acusada de bruxaria ou apologia a macumba? aaah fala sério pessoal!!! só podia ser nessa roça chamada Lavras.

    ResponderExcluir
  2. Imagine-se um coronel da PM que postasse uma foto fantasiado de bandido e dizendo "só falta assaltar um banco!".

    O jornal está correto. Quem aceita cargo público tem que policiar melhor a língua. No caso da secretária de saúde, que tem como uma de suas missões o combate à droga, fazer piadinhas com o tema de sua função só podia dar em confusão.

    ResponderExcluir
  3. Marco Aurélio10:27

    O proibicionismo e o moralismo babaca andam de mãos dadas. Esse fato é mais um exemplo disso. Manifesto minha solidariedade a essa moça.

    ResponderExcluir
  4. Anônimo15:50

    Politicos de baixa estatura moral, querendo aparecer como defensores da moral e dos costumes, atacando e den egrindo a honra de pessoas honestas, escudados na impunidade por seus atos e palavras. A pergunta que fica é a seguinte: Quem é este blogueiro? Trabalha para quem? Tem este individuo algum respaldo moral para agredir alguem? E este vereador que assume a tribuna da Camara para atacar a honra de pessoas cidadãs? De onde veio? Quem financiou sua campanha? A quem representa? A mim não é.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo00:30

      POIS ANONIMO AI DE CIMA...A PIOR DAS MOLESTIAS CHAMA SE HIPOCRISIA ...PIOR QUE A LEPRA DO CORPO ...E A ALMA LEPROSA DE FALSOS MORALISTAS QUE SE ESCODEM ATRAS DOS PROPRIOS ERROS...RSRSSR POR INCRIVEL HIPOCRISIA, ERROS ESTES PECULIARES AO DEDO INDICADOR QUE DEVERIA SER APONTADO PRA SI PROPRIO...MEU DEUS! MANIFESTO TAMBEM MINHA SOLARIEDADE A ESSA MOÇA!

      Excluir
  5. Anônimo17:39

    E um tal de Moretti filho de papai e de mamãe da grande ABC..fala serio neh..tem tanta coisa que lavras precisa...já que ele é um vereador de boa conduta aparentavelmente dizendo, poderia tomar providencia para as necessidades do povo lavrense.Sempre digo, lavras n sai do buraco nunca...
    Falsos moralistas essa é a verdade....Ela foi infeliz no comentário e ai foi um prato cheio para as trevas agir em prol de Lavras...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. josé rodrigues09:22

      fico pensando, o que traria um sujeito, lá do ABC, e gasta 1 milhão de reais numa candidatura para vereador de uma cidadezinha de 70 mil habitantes, fazendo uma conta breve nem em 30 anos de mandato, ele recuperaria este dinheiro, e me vem posar de moralista, esta me chamando de burro?.

      Excluir
    2. Anônimo15:12

      Caro José Rodrigues,
      Lavras, não é cidadezinha, tem aproximadamente 100 MIL HABITANTES, e não 70 mil... Primeiro se esclaresça, depois poste comentários, ok? senão tudo o que você disser aqui, não terá nenhuma credibilidade!

      Excluir
    3. Anônimo12:02

      O cara anda com o Morto e o Marcos Ipatinga e fala de apologia às drogas??????? Volta pro mar Leandro Collor Moretti.

      Excluir
    4. luiz Carlos10:13

      O José Rodrigues esta certo, só errou na quantidade de habitantes, Lavras perto de cidades do pouso Alegre, Varginha, Poços de Caldas, só para sitar as mais próximas, esta anos luz á frente de nossa querida Lavras, seja na qualidade de vida seja no progresso econômico e cultural, é uma cidadezinha sim,os números não mentem, e, enquanto continuar esta disputa fraticida, entre "políticos" que só veem através de seu umbigo, lavras continuará na rabeira da história de minas.

      Excluir
  6. Anônimo18:01

    GILZA VC E Q IA DAR CERTO NAO ESQUENTA POLITICA E ASSIM MESMO

    ResponderExcluir
  7. Anônimo20:22

    COM LEANDRO COLLOR MORDETTE, CLEBER PERDEDOR E LILA GEP A OPOSIÇÃO DE LAVRAS ESTÁ MUUUUUUUUUUUUUUITO BEM. KKKKKKKKKKK.

    ResponderExcluir
  8. Anônimo08:31

    Só em LAVRAS mesmo que alguns cidadãos idiotas acham normal um Secretária Municipal de Saúde fazer um comentário, mesmo que infeliz, de apologia as drogas.

    Só me respondam um coisa, caso fosse tão boba mesmo esta declaração, o prefeito teria aceitado a sua exoneração?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo14:23

      Os "cidadãos idiotas" talvez consigam ver além da mediocridade, e voce que se intitula um cidadão não idiota quem sabe possa definir para aos cidadãos "idiotas" o que significa apologia as drogas. Eu como "cidadão idiota" fiquei indgnidado com o ataque a honra de uma cidadã, que nem conheço, por parte de uma pessoa que não goza de uma boa reputação na cidade e pelo destempero de um vereador que alem de prepotente, arrogante e ridiculo se acha a ultima bolacha do pacote.

      Excluir
    2. Anônimo19:29

      Anônimo idiota ai em cima. Idiotas é quem acredita em tudo que lê, papel aceita tudo, inclusive bosta. O prefeito aceitou a exoneração de Gilsa para que ela possa se defender da corja que tentam, a todo custo, sacanear com quem tenta ajudar a nossos cidadãos.

      Excluir
  9. Anônimo19:38

    Este vereador biônico , Leandro Moretti, sabe ser babaca e otário , quis aproveitar para aparecer, já esta no congresso nacional uma lei para legalização e descriminalização da maconha
    A secretaria de saúde de lavras(MG), Sra. Gilza Helena de Carvalho e uma
    pessoa de bem e com mais experiencia de vida que um vereador inescrupuloso
    que agora os lavrenses esta conhecendo.
    Sra. Gilza Helena, manifesto minha solidariedade a vossa pessoa, e aos seus familiares.

    ResponderExcluir
  10. Anônimo15:26

    Só o que aconteceu foi gente se aproveitando da situação para se promover,mas o povo está ligado,e tristes pois esperavam mais pela renovação da camêra,quem sabe cassando uns dois ai eles mudem de atitudes.

    ResponderExcluir
  11. Anônimo15:33

    Só o que aconteceu foi gente se aproveitando da situação para se promover,mas o povo está ligado,e tristes pois esperavam mais pela renovação da camêra,quem sabe cassando uns dois ai eles mudem de atitudes

    ResponderExcluir
  12. Anônimo17:02

    À informação é o remédio contra as drogas !!!!

    ResponderExcluir
  13. Anônimo08:00

    Tem de ter reputação ILIBADA né Leandro Collor Menicucci? E vc com 19 processos e falando q as criticas a coitada da Gilza não são "políticas nem pessoais". Então são o que? Tomou ontem né cara de pau?

    ResponderExcluir
  14. Anônimo19:12

    parabens gilza pela brilhante devesa na camara ,por essa aquele senhor nao esperavakkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  15. Anônimo20:56

    Se ela não tivesse culpa no cartorio não teria pedido DEMISSÃO. Vai entender...

    ResponderExcluir