-->

Corte de sinal da TV aberta em Lavras e região motiva audiência pública

Os parlamentares da Comissão de Transporte, Comunicação e Obras Públicas da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) querem debater as causas da interrupção da transmissão de sinais de TV aberta em Lavras e região, no início deste mês de abril. Para isso, acontece, nesta quinta-feira (9/5/13), às 10 horas, no Auditório, audiência pública solicitada pelo deputado Dalmo Ribeiro Silva (PSDB).

De acordo com o parlamentar, o sinal foi cortado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), no início do mês, sob a alegação de irregularidades no licenciamento das emissoras. Por força de liminar da Justiça Federal de Lavras, o sinal está liberado novamente. “A liminar é frágil e pode ser revogada a qualquer momento. Precisamos discutir esse ato unilateral e arbitrário da Anatel para encontrarmos uma solução”, disse.

Ainda segundo Dalmo Ribeiro Silva, o corte de sinal prejudicou o direito de acesso à informação de milhares de telespectadores. A TV Minas Sul, retransmissora da TV Alterosa, e outros canais, foram retirados do ar no período.

Convidados

 Para o debate, foram chamados o gerente regional da Agência Nacional de Telecomunicações, Hermann Bergmann Garcia e Silva; o procurador-chefe da Procuradoria da República no Estado de Minas Gerais, Adaílton Ramos do Nascimento; o procurador da República em São João del-Rey, Antônio Arthur Barros Mendes; o prefeito de Lavras, Marcos Cherem; o diretor de Rádio e Televisão da Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais, Rodrigo Barreto de Lucena; o gerente-geral do Procon da Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais, Marcelo Rodrigo Barbosa; o diretor de Jornalismo da EPTV Comunidade - TV Globo – Varginha, Pedro Aurélio Carvalho; o diretor regional da TV Alterosa / SBT – Varginha, Gleizer Correa Naves; e o diretor regional da Record Minas – Varginha, Claudinei Girotti.

08/05/13

Gostou? Então compartilhe!

Tags:

Comente esta notícia

LEIA AS REGRAS: Comentários que contenham palavrões, ofensas ou que não tenham relação com o assunto tratado na notícia podem ser deletados sem nenhum aviso. Em hipótese alguma faça propagandas de outros sites ou blogs. OBS: Os comentários dos leitores não refletem a opinião de O LAVRENSE
Comentário(s)
1 Comentário(s)

1 comentários:

  1. Aguinaldo19:19

    Esta é uma boa oportunidade para as "lideranças políticas" de Lavras marcarem presença e resolver esse problema dos sinais de TV na cidade. Entra prefeito e sai prefeito e essa coisa não evolui. basta um pingo de chuva e sai tudo do ar. Lamentável.

    ResponderExcluir