-->

USP lidera ranking das universidades 'top' da América Latina - Federal de Lavras aparece em 94º lugar

A Universidade de São Paulo (USP) aparece pelo terceiro ano consecutivo como a primeira colocada no ranking das melhores universidades da América Latina. A Universidade Federal de Lavras (UFLA) aparece na 94ª posição. A lista foi divulgada pela QS Quacquarelli Symonds University Rankings, uma organização internacional de pesquisa educacional que avalia o desempenho de instituições de ensino médio, superior e pós-graduação.

A USP já aparecia na liderança em 2011, ano do lançamento do ranking que considera, entre outras coisas, a reputação acadêmica, reputação com empregadores, média de artigos por professor, citações por artigo, docentes com pós-doutorado, e impacto na internet, e repetiu o feito em 2012.

No ranking mundial, divulgado em setembro do ano passado, a USP está na 139ª posição; depois dela, a instituição latino-americana mais bem posicionada no ranking é a Ponfícia Universidad Católica de Chile, que ocupa a 195ª colocação. O Brasil não tem nenhuma universidade entre as 100 melhores do mundo do ranking QS.

A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) aparece em terceiro lugar, atrás da Pontifícia Universidade Católica do Chile. Outras instituições brasileiras que estão entre as dez melhores da América Latina são a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), em oitavo lugar, e a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), que subiu do 13º para o 10º lugar.

Entre as 50 melhores colocadas aparecem também a Universidade Estadual Paulista (Unesp), em 11º lugar; Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), em 14º; Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), em 17º; Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio), em 18º; Universidade de Brasilia (UnB), em 21º; Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), em 28º; Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), em 29º; Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), em 35º; Universidade Federal do Paraná (UFPR), em 37º; Pontificia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS), em 41º; Universidade Federal do Pernambuco (UFPE), em 43º; Universidade Federal Fluminense (UFF), em 47º; e a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), em 49º.

No grupo das 100 melhores instituições, o ranking traz ainda as seguintes universidades brasileiras: Universidade Federal da Bahia (UFBA), em 58º; Universidade Estadual de Londrina (UEL), em 64º; Universidade Federal de Viçosa, em 69º; Universidade Federal de Santa Maria, em 70º; Universidade Federal do Ceará, em 71º; Universidade Estadual de Maringá, em 84º; Universidade Federal de Pelotas, em 87º; Universidade Federal de Goiás, em 91º; Universidade Federal de Uberlândia, em 92º; Universidade Federal de Lavras, em 94º; e a Universidade Presbiteriana Mackenzie, que havia ficado fora da lista de 100 melhores em 2012, mas neste ano subiu da 111ª para a 100ª colocação.

Segundo a QS Quacquarelli Symonds , as universidades latino-americanas apresentam um baixo desempenho a nivel global. "O Brasil, apesar de ser um líder a nível regional, em um contexto global, apenas 12 universidades foram classificadas entre as 700 do ranking mundial", destaca Ben Stowe, chefe de pesquisa da QS intelligence Unit.

28/05/13

Fonte: Veja

Gostou? Então compartilhe!

Tags:

Comente esta notícia

LEIA AS REGRAS: Comentários que contenham palavrões, ofensas ou que não tenham relação com o assunto tratado na notícia podem ser deletados sem nenhum aviso. Em hipótese alguma faça propagandas de outros sites ou blogs. OBS: Os comentários dos leitores não refletem a opinião de O LAVRENSE
Comentário(s)
0 Comentário(s)

0 comentários: