;

Header Ads

Mais de 63 mil domésticos brasileiros têm diploma universitário; Número cresceu na última década

Além do aumento salarial obtido nos últimos anos, os trabalhadores domésticos também ganharam em qualificação. A prova, explica o professor José Pastore, especialista em relações do trabalho, está nos bancos das universidades. Segundo ele, os dados compilados a partir das Pnads (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios) de 2002 e 2011 indicam que há, atualmente no país, 63,4 mil domésticos com diploma de ensino superior.

É pouco menos de 1% do total de 6,6 milhões empregados da categoria, mas o crescimento é vertiginoso, de acordo com o acadêmico.

Em 2002, a parcela de graduados não chegava a 6 mil. “Diferentemente de outros profissionais que aos 20 ou 30 anos chegam à universidade, a maior parte dos domésticos vai para a sala de aula aos 40, 50 anos”, afirma Pastore.

07/06/13

Nenhum comentário