;

Header Ads

Organização do Lavras Folia anuncia que o evento não será realizado em 2013

Foto: reprodução da internet
A DW Eventos, empresa responsável pela realização do Lavras Folia e dos encontros universitários Inter Odonto e Inter Jurídico Brasil, divulgou na última sexta-feira (07), o cancelamento da edição deste ano do evento, que é realizado anualmente na cidade. O motivo seria a falta de apoio da prefeitura de Lavras.

Segundo a nota divulgada pela empresa, a realização do evento, que recebe mais de 20 mil estudantes, só é possível com o apoio da prefeitura já que a organização da festa não teria como acomodar todos os visitantes, uma vez que durante o período em que o Lavras Folia é realizado, a taxa de ocupação de hotéis, repúblicas e pousadas chega a 100%.

Para contornar o problema do déficit de leitos e acomodações, havia uma parceria entre a prefeitura da cidade e a empresa organizadora do Lavras Folia. O governo municipal permitia que as escolas municipais fossem utilizadas como alojamento para os universitários. Em contrapartida, a DW Eventos se comprometia a arcar com todo o material de limpeza e com qualquer despesa referente à dano ou problema que pudesse acontecer as escolas. Muitos servidores também eram contratados para os serviços de conservação do patrimônio. Cada escola utilizada como alojamento recebia também a doação de um computador.

Como neste ano não houve acordo entre a empresa e a prefeitura, toda a estrutura, empresas terceirizadas, pessoal envolvido na divulgação e organização do evento foram transferidos temporariamente para a cidade de Divinópolis-MG. Segundo o comunicado da DW Eventos, aquela cidade “tem uma política de turismo madura, com a realização de grandes eventos em seu calendário, e colocou à disposição da organização toda a logística e infraestrutura necessárias, como alojamentos, quadras esportivas, pessoal e até mesmo apoio financeiro”.

A DW Eventos informou ainda que, em 2014, o evento será reformulado e passará por mudanças em seu formato e estrutura.

09/06/13  - O Lavrense

22 comentários:

  1. Isso mesmo Cherem!! acaba com tudo!!! sempre fui contra esse negocio da prefeitura ceder escolas pra esses baderneiros!

    ResponderExcluir
  2. Acabou o circo ! Agora só um pãozinho duro !!!

    ResponderExcluir
  3. Até q enfim um prefeito q olha pelos lavrenses. Vão beber e fazer bagunça em outra freguesia. Obrigada dr.

    ResponderExcluir
  4. Parabéns Dr Marcos, até que enfim uma pessoa de bom senso ocupando o cargo de prefeito na cidade de Lavras. Estes tipo de evento só causa transtornos para a população que reside no Município.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ontem foi hilário o Zé Henrique. Não foi feito nada ilegal, mas temos de mudar as leis. Disse que nunca recebeu doação de campanha: MENTIRA, basta ver que o PTB dele recebeu sim dinheiro para a campanha dos vereadores. Ele tava desempregado e "pagou" sozinho sua campanha, com aquele tanto de folheto e muro pintado, fora a ropa preta?? Menos Zé Henrique, menos.

      Excluir
  5. Nossa que beleza hein? a cidade já não tem nada em matéria de lazer e ainda acaba com uma das poucas festas que prestava. qual será a próxima a acabar? o Rodeio?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depende do seu conceito de "festa que prestava", pela reação do povo na rede social esta folia não se enquadra como festa que preste. Sobre acabar com o rodeio, a ideia não é ruim. Mais cultura, menos bebedeira e mal tratos a animais.

      Excluir
    2. É mesmo, tem que ter mais "minas ao luar" para trazer dinheiro para a cidade, e garanto que os animais de rodeio tem mais médicos que muita gente (me inclui também), acho certo melhorar essa política com as empresas de festas, mas acabar não é a melhor opção. Lavras vai acabar ficando uma cidade sem nada, com um monte de gente que não tem o que fazer e fica falando besteira.

      Excluir
  6. O vereador João Paulo Felizardo o " cascão da turma da mônica " ! É um bobo alegre !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu diria que o mesmo é um deslumbrado. Deveria falar menos e ouvir mais. O prefeito não fez uma boa opção ao elege-lo como seu lider, seu discurso é cansativo e pouco eficaz, se perdendo em conjecturas desnecessárias. Até o Dr Sebastião que é um péssimo orador consegue ser mais incisivo e menos cansativo. Por falar em oratória este dentista, o Tatú é o campeão em se enrolar na hora de falar, é outro que deveria ficar mais calado.

      Excluir
    2. TATU: ESPÉCIE DE MAMÍFERO QUE USA UMA CARAPAÇA.
      TATU LAVRENSE: ESPÉCIE DE POLÍTICO QUE USA UMA CARAPUÇA E NÃO FALA COISA COM COISA.

      Excluir
    3. Deve ser da espécie TATU-BOLA, por isso se enrola todo quando fala. Como vereador é um excelente dentista.

      Excluir
  7. O evento é PRIVADO e quem tem que arcar com todos os seus custos são os organizadores.

    ResponderExcluir
  8. NINGUÉM FALA DA OBRA EMBARGADA DE FRENTE AO PONTO FRIO, ONDE JÁ PODERIA ESTAR FUNCIONANDO AS LOJAS AMERICANAS. COM CERTEZA MUITOS PAIS E ARRIMOS DE FAMÍLIA PODEM ESTAR DESEMPREGADOS AGORA, FORA QUE AS LOJAS AMERICANAS JÁ PODERIA ESTAR EM PLENO FUNCIONAMENTO GERANDO MUITOS EMPREGOS.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Engraçado, a obra foi embargada porque estava sendo feita irregularmente com vistas grossa da administração da ex prefeita. Quem será o dono da obra? Ganha um DVD pirata quem responder. Quem foi a responsável pela secretaria de obras? A lei tem que ser igual para todos, inclusive para os poderosos amigos da rainha.

      Excluir
    2. Esta desculpa de gerar empregos usada pelas pessoas que burlam as leis já está mais que desgastada. Se a obra foi embargada é porque está irregular. Não precisa infringir a lei para gerar empregos.

      Excluir
  9. Quando finalmente temos um prefeito que não faz parte do esquema que comanda Lavras há 50 anos, resolvem tentar tirar ele do lugar escolhido pela maioria. Voto e nada aqui em Lavras é a mesma coisa?

    ResponderExcluir
  10. O prefeito não proibiu a realização do Lavras Folia. o que ele fez, e eu concordo com ele, foi vetar O USO DAS ESCOLAS COMO ALOJAMENTO. ta mais que certo . escola é pra estudar e não pra servir de hotel. Quer ganhar dinheiro promovendo evento? então se vira! não é festa de caridade nem nada então por que a prefeitura tem que ficar botando azeitona na empada desse cara do Lavras Folia? aaah vai catar coquinho!

    ResponderExcluir
  11. Lavras perdeu e muito com a falta desse evento. Infelizmente pessoas com mentes pequenas que deveriam ir morar em uma província.

    ResponderExcluir
  12. Fui no Lavras Folia 2 anos, mas hoje com mente mais madura apoio e muito a extinção deste evento! A cidade fica imunda, as escolas são usadas como Motel, Zona e etc.. As drogas rolam solta entre os participantes. Enfim o evento movimenta a economia mas destrói a cidade e a cultura dos Lavrenses.

    ResponderExcluir
  13. Já estava mais do que na hora de botar ordem na casa, Lavras se transformava numa cidade suja, cheio de Play boy cachaceiro andando a 1000 em seus carros, e as sujeiradas que esses delinquentes deixavam antes durante e depois de cada dia de festa? O consumo de drogas entre os participantes era enorme, o que mais se via era jovens se embriagando e se drogando pela cidade toda. E tem gente que defende e chama isso de festa boa . Festa boa? Festa boa que nada! Era uma zona, uma tremenda bagunça descontrolada.

    ResponderExcluir