Lavras tem o segundo melhor Índice de Desenvolvimento Humano do Sul de Minas

Praça Augusto Silva
Praça Augusto Silva, centro de Lavras.
Dados do"Atlas do Desenvolvimento Humano no Brasil 2013", divulgado nesta segunda-feira (29) pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), revelam que Lavras tem o segundo melhor Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) do Sul de Minas.

Segundo o levantamento, o município de Itajubá lidera na região com o índice de 0,787, seguido por Lavras (0,782), Poços de Caldas (0,779), Varginha (0,778) e Itaú de Minas (0,776).

O IDHM é um índice composto por três indicadores de desenvolvimento humano: vida longa e saudável (longevidade), acesso ao conhecimento (educação) e padrão de vida (renda). O IDH vai de 0 a 1. Quanto mais próximo de 0, pior o desenvolvimento humano. Quanto mais próximo de 1, melhor.

Entre as maiores cidades do Sul de Minas, Passos  lidera no quesito longevidade, com índice de 0,886. Já Poços de Caldas lidera no quesito renda (0,768) e Lavras no quesito educação (0,719).

Confira no quadro abaixo as 10 cidades com melhor IDH municipal no Sul de Minas:

Cidade
IDHM
1. Itajubá
0,787
2. Lavras
0,782
3. Poços de Caldas
0,779
4. Varginha
0,778
5. Itaú de Minas
0,776
6. Pouso Alegre
0,774
7. Alfenas
0,761
8. São Lourenço
0,759
9. Passos
0,756
10. Cambuí
0,751
Fonte: Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud)

As cidades com piores índices na região são Serranos (0,643), Bocaina de Minas (0,645) e Alagoa (0,649).

O IDHM do país não é a média municipal do índice, mas é um cálculo feito a partir das informações do conjunto da população brasileiras em relação aos três indicadores. O IDH municipal também tem critérios diferentes do IDH global, que o Pnud divulga anualmente e que compara o desenvolvimento humano entre países.

30/07/13
Postagem Anterior Próxima Postagem